Vôlei Nestlé está preparado para enfrentar o Camponesa/MG

498 0

Da Redação – Depois de vencer o Fluminense, por 3 sets a 2, na terça-feira (14), o Vôlei Nestlé entra em quadra nesta sexta-feira (17) diante do Camponesa/Minas e pode assumir a vice-liderança da Superliga em caso de vitória. O confronto está marcado para as 20h, na Arena Minas, em Belo Horizonte, e será válido pela sétima rodada do segundo turno da competição nacional. Em 17 rodadas, o time de Osasco soma 14 vitórias e 42 pontos, um a menos que o Dentil/Praia Clube, que já fez 18 partidas.

Dani Lins está ciente das dificuldades que o Vôlei Nestlé encontrará e lembra do confronto pela Copa do Brasil. “É um jogo importante. Atuar em Belo Horizonte é sempre complicado. Fizemos uma boa partida contra elas pela Copa do Brasil, mesmo com o desfalque da Tandara. Temos que ir em busca desses três pontos para subir uma posição na tabela e continuar nosso crescimento visando o futuro do campeonato. É um adversário de qualidade e que conta com a Jaqueline voltando e com a Hooker melhor a cada jogo. O elenco é bom e o Paulo Coco trabalha muito bem também. Tivemos uma partida dura na terça-feira e estamos preparadas para uma ainda mais difícil”, afirma a levantadora.

O técnico Luizomar espera um grande jogo e analisa o adversário. “Enfrentamos o Camponesa/Minas há pouco mais de duas semanas pela Copa do Brasil e foi uma das melhores partidas da temporada, com grandes disputas e decidida nos detalhes. A tendência é que seja um confronto bastante duro e a equipe vitoriosa será aquela que aproveitar melhor as oportunidades. Estamos estudando bastante para enfrentar um rival que está crescendo e foi montado durante a competição, mas já vem teoricamente com o elenco que a gente imaginava que fosse o titular, com as presenças de Jaqueline e Hooker. Uma equipe que vai atuar no seu ginásio e sabemos a força que o Minas tem em casa, mas nosso time também está em ascensão e tem a ambição de brigar pela ponta da competição. Quem assistir vai presenciar um grande espetáculo”, garante o treinador.

Vôlei Nestlé e Camponesa/Minas se enfrentaram duas vezes na temporada 2016/17 e o time de Osasco venceu, em casa, no primeiro turno da Superliga, por 3 sets a 0, enquanto a equipe mineira levou vantagem na semifinal da Copa do Brasil 2017, por 3 a 2. De 2009 para cá os clubes se encontraram em 19 ocasiões e a vantagem é de Camila Brait e suas comandadas, com 12 vitórias e sete derrotas. Na história da Superliga, os clubes jogaram 66 vezes e Osasco soma 43 resultados positivos contra 23 do adversário.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Vôlei Nestlé está preparado para enfrentar o Camponesa/MG"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *