Verde é a cor da… certeza!

996 0


* Márcio Trevisan – O Campeonato Brasileiro é, sem dúvida alguma, o mais equilibrado do mundo, e com toda a certeza um dos mais longos do planeta. Por isso, é quase impossível apontar com antecedência quem será o seu campeão, já que para tanto é necessária a conclusão de 38 rodadas.

O parágrafo acima só exprime verdades, mas está um pouco difícil para o torcedor do Palmeiras botar fé nelas. Com exceção de um tropeço na segunda partida, quando empatou com o fraquíssimo CSA/AL fora de casa atuando com todos os suplentes, o Verdão não tomou conhecimento de ninguém – venceu as outras quatro partidas, sendo duas por goleada e outra fora de casa sobre o, então, líder da tabela. Além disso, a cada partida o time parece se encaixar mais, jogar melhor e obter os resultados positivos com menos esforço.

O ponto alto de tal campanha se deu no último sábado. Mesmo tendo pela frente o time que joga o mais bonito futebol do País, os comandados de Scolari nem tomaram conhecimento do Santos/SP e golearam impiedosamente. E o detalhe é que o Peixe não pode nem reclamar, pois escapou de sofrer uma derrota ainda mais humilhante e mais histórica também.

É claro que, no decorrer das próximas 33 rodadas, o Palmeiras irá tropeçar, empatar, perder. Mas também é claro que os pontos que se soma agora – e já são 13, ou 86.6% de aproveitamento – valem os mesmos que se somará no futuro. Em outras palavras: neste momento, e pelo que se avizinha nos próximos momentos também, são os outros times que têm de correr atrás do líder que, vale lembrar, foi o campeão de dois e vice-campeão de um dos últimos três Brasileirões.

Por tudo isso, tente convencer o palmeirense que o mundo não é verde.

Curtinhas

No ZR. E daí? – A péssima campanha do Grêmio/RS neste início de Campeonato Brasileiro (soma apenas 2 pontos e ocupa a penúltima colocação) não parece preocupar em nada o técnico Renato Gaúcho. Neste fim de semana, mesmo após perder mais uma – para o Ceará/CE – o treinador desafiou a quem aposta que seu time não decolará em breve. “Querem apostar?”, perguntou, durante a coletiva.

Nem com o “pofexô” – O time do Vasco da Gama/RJ, último dentre os 20 participantes do Brasileirão, é tão fraco que nem mesmo a estreia de um dos maiores técnicos da história do futebol brasileiro parece dar jeito. Jogando em casa e diante do pequeno Avaí/SC, a equipe que agora tem em seu comando Wanderley Luxemburgo não passou de um empate por 1 a 1 e, não fosse o seu goleiro, Sidão, teria inclusive perdido o jogo.

Só dá “orra, meu” – O futebol paulista segue nadando de braçada nos torneios nacionais. Na Série A, três dos quatro primeiros colocados são de terras bandeirantes (Palmeiras, São Paulo e Santos). Na Série B, são dois – Botafogo de Ribeirão Preto/SP e Bragantino. E na Série D dois dos três representantes do Estado lideram seus grupos (Novorizontino e Ituano). Vale lembrar que São Paulo não tem clubes na Série C do Brasileirão.

Quem tem, tem medo – O técnico Tite convocou nesta semana os jogadores para a disputa da Copa América – vários deles têm mais de 33 anos. O objetivo, claro, é dar mais força a um grupo que, caso não seja campeão, certamente ocasionará sua demissão. Enquanto isso, a qualidade técnica ficou relegada a segundo plano. Que o digam Dedé, do Cruzeiro/MG, e Dudu, do Palmeiras, só para nos atermos a dois exemplos.



* Márcio Trevisan é jornalista esportivo há 30 anos. Começou no extinto jornal A Gazeta Esportiva, onde esteve por 12 anos. Passou, também, pelas assessorias de Imprensa da SE Palmeiras e do SAFESP, além de outros órgãos. Há 13 anos iniciou suas atividades como Apresentador, Mestre de Cerimônias e Celebrante, tendo mais de 450 eventos em seu currículo. Hoje, mantém os sites www.marciotrevisan.com.br e www.senhorpalmeiras.com.br. Contato com o colunista pelo e-mail apresentador@marciotrevisan.com.br.



Total 3 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Verde é a cor da… certeza!"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *