Verdão é bi da ‘Liberta’ e sua torcida vai ao delírio em todo o Brasil

104 0

Com Breno Lopes de herói, Palmeiras marca no fim e fica com o título

Crédito-fotos: Site Fotos Públicas/César Grecco (Palmeiras)

Jogadores festejam a conquista do bi da Libertadores, após bater o Santos no Maracanã

Da Redação – A Libertadores, sonho de consumo do torcedor palmeirense, já está nas mãos da equipe do técnico Abel Ferreira. Pela segunda vez em sua história, o Alviverde sente o sabor de conquistar a América: neste sábado (30), no Estádio do Maracanã, o clube venceu o rival Santos por 1 a 0 e conquistou a Libertadores de 2020. Breno Lopes, nos 53 minutos do segundo tempo, fez o gol que entra para a história do Palestra.

Antes deste sábado, o clube alviverde havia conquistado o torneio em 1999, com Marcos, Luiz Felipe Scolari e companhia. A partir de agora, o Mundial de Clubes vira o grande compromisso do Palmeiras. O torneio da Fifa começará em 4 de fevereiro, com o clube brasileiro estreando no dia 7. Antes disso, o Alviverde enfrenta o Botafogo na terça-feira (2) e o Santos visita o Grêmio na quarta (3). Ambos os jogos são do Campeonato Brasileiro.

O herói

Breno Lopes chegou recentemente ao Palmeiras e ainda não tinha marcado um gol. Como é o futebol: acionado no segundo tempo, ele fez o gol que deu o bicampeonato para a equipe na Libertadores.

Palmeiras mantém titulares e 4-4-2

Depois de descansar seus titulares nos últimos dois jogos, o Palmeiras entrou jogando na maior parte do tempo com um 4-4-2 sem a bola, mas com Gabriel Menino em alguns momentos fechando uma linha de cinco. Sem correr grandes riscos no primeiro tempo, o time aparentou apenas evitar sofrer o gol na etapa final e levar o jogo para a prorrogação. As jogadas com Luiz Adriano pouco funcionavam, mas a entrada de Breno Lopes acabou sendo providencial e mudando o rumo de um jogo com pouquíssimas chances. Ele entrou na vaga de Gabriel Menino, tornou o time mais ofensivo e entrou na área logo após a expulsão de Cuca para fazer o gol do título.

O jogo

Depois de um primeiro tempo nervoso e de muito estudo, as equipes começaram a se soltar na segunda etapa. Com 30 minutos, Diego Pituca teve liberdade e mandou uma bomba, Weverton espalmou. No rebote, Felipe Jonatan chutou com bastante perigo.

Foi a primeira grande oportunidade pelo chão. Já nos minutos finais, quando a partida caminhava para a prorrogação, Breno Lopes completou cruzamento e, de cabeça, tirou totalmente John da jogada para fazer o gol histórico do Verdão.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Verdão é bi da ‘Liberta’ e sua torcida vai ao delírio em todo o Brasil"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *