Venezuelano lidera nas categorias MX1 e Elite MX do Brasileiro de Motocross

71 0

Debaixo de chuva e na lama, venezuelano da equipe Honda Racing é o destaque da 2ª etapa, em Penha (SC); Lucas Dunka fatura a bateria da MX2

Da Redação – O venezuelano Anthony Rodriguez, da equipe Honda Racing, é o novo líder do Campeonato Brasileiro de Motocross nas categorias MX1 e Elite MX. O piloto venceu debaixo de chuva e na lama a última corrida deste domingo (4/10), a qual distribuiu importantes pontos para os rankings das duas classes. Na MX2, Lucas Dunka faturou a bateria exclusiva da categoria. As provas foram válidas pela segunda etapa da temporada 2020, realizada na pista do Kartódromo Beto Carrero, em Penha (SC).

A previsão de chuva se confirmou e, com isso, os pilotos tiveram um desafio extra em relação às provas da semana passada, quando a mesma pista sediou as corridas da etapa de abertura do Brasileiro. “As baterias da segunda etapa foram muito difíceis e eu não gosto muito da lama. Sabia que não poderia cometer erros e tinha que estar tranquilo e relaxado. O Campeonato Brasileiro é muito forte, foi necessário forçar um pouco mais para vencer”, conta Rodriguez. Ele disputa a competição pela primeira vez, com a motocicleta CRF 450R.

Na corrida exclusiva da MX1, o venezuelano chegou a liderar, porém sofreu uma queda e terminou na segunda colocação. “Foi muita coisa que passou em apenas uma semana. Tudo que podia acontecer, aconteceu. Meu mecânico e toda a equipe Honda Racing trabalharam muito para ter eu ter as melhores condições para as corridas”, completa Rodriguez.

Jetro Salazar, que está com o tornozelo lesionado, completou as duas corridas da etapa. Ele ficou em sétimo lugar na soma dos resultados da MX1, mesma colocação alcançada na bateria da Elite MX. “Não foi como eu queria, cometi alguns erros e tive muita dificuldade com a lama. Conseguir salvar alguns pontos e estou muito feliz pela equipe. Sabemos que não é uma temporada normal, com todas as mudanças nos calendários e adversidades. Agora é focar nessa recuperação para estar pronto para as próximas etapas”, destaca o atual campeão brasileiro da MX1 e da Elite MX.

Na MX2, o catarinense Lucas Dunka venceu de ponta de ponta a primeira corrida do dia. “A pista estava bem pesada e eu tentei largar da melhor forma possível. O mais difícil foi passar os retardatários, que acabaram caindo e ficando no caminho. Mas eu consegui me livrar bem disso”, destaca. Após confirmar o terceiro lugar na soma dos resultados da MX2, Dunka ocupa a mesma posição no ranking do campeonato com a motocicleta Honda CRF 250R.

Para Leonardo Souza, a mudança das condições do circuito dificultou a pilotagem. “No sábado, a pista estava perfeita e no domingo, cheia lama. A primeira corrida não foi muito boa, mas na segunda consegui me sair um pouco melhor”, comenta o catarinense. Ele subiu ao pódio na quinta colocação da MX2 e está em sexto lugar no campeonato.

A equipe Honda Racing de Motocross é patrocinada por Pro Honda, Circuit, Apinestars, DID, Seguros Honda e Zeta. Circuit Honda – Pela categoria MX3, Roosevelt Assunção sofreu uma queda na largada e finalizou a corrida na sexta colocação. Assim, ele ocupa a vice-liderança da classe no campeonato. A equipe Circuit Honda também está no Top 10 do Brasileiro com os pilotos Humberto Martin, o Machito (sétimo colocado no ranking da MX1 e da Elite MX), e Reginaldo Ribeiro (quinto na tabela da MX2).

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Venezuelano lidera nas categorias MX1 e Elite MX do Brasileiro de Motocross"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *