Universidades assumem presidência do Conselho Diretor da Agência GABC

727 0

Da Redação – O prefeito de Mauá, Donisete Braga, que presidiu a Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC do início de abril de 2015 até este mês, passa a liderança da entidade regional para representante do segmento das universidades. Quem assume a presidência da Agência GABC até o final desta gestão (março de 2017) é o professor da Universidade Municipal de São Caetano do Sul, Joaquim Celso Freire Silva, vice-presidente da entidade reeleito no último ano.

O afastamento do Chefe do Executivo mauaense se deu a título de desincompatibilização, necessária a gestores que concorrem ou podem vir a concorrer a cargos públicos eletivos, em atendimento à legislação vigente (Lei Complementar 64, de 18 de maio de 1990). A transição foi anunciada durante Assembleia Geral de associados da Agência GABC, realizada na manhã desta terça-feira, dia 26, na sede do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, onde a Agência está instalada.

Sob o comando do prefeito de Mauá, Donisete Braga, a Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC priorizou, no último ano, ações para rearticular atores locais em torno do debate e da proposição de medidas para o enfrentamento da desaceleração econômica nacional, que teve impacto direto nas sete cidades do ABC. A entidade contou com importantes parceiros, a exemplo do próprio Consórcio Intermunicipal Grande ABC e do Sebrae, e promoveu no período ações voltadas ao fortalecimento da economia local, com foco, especialmente, nos micro e pequenos empreendimentos.

O peso da região e de seus espaços institucionais – além da Agência, o Consórcio Intermunicipal Grande ABC – contribuíram em processos de articulação que garantiram a manutenção de emprego e receita nos sete municípios.

Um dos exemplos foi a participação ativa do presidente da Agência nas discussões e ações que reforçaram a importância de contrato de médio e longo prazo entre Petrobras e Braskem para o fornecimento da nafta petroquímica, principal insumo utilizado no Polo de Capuava. O contrato definitivo foi assinado em dezembro do último ano.

Com a desvalorização da moeda brasileira, empresas do país voltaram a ter vantagem competitiva no mercado externo. Micro e pequenos negócios, entretanto, precisam inovar e melhorar sua gestão para ganhar fôlego na busca por novas oportunidades de exportação. Nesse sentido, atendendo convite feito pelo prefeito de Mauá, Donisete Braga, e demais prefeitos da região, o presidente da Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), David Barioni Neto, apresentou à região, no início do mês de abril, ações de estimulo às empresas nacionais, durante Assembleia Geral do Consórcio Intermunicipal.

Um dos projetos mencionados por Barioni para capacitar empreendimentos para a exportação é o PEIEX – Projeto Extensão Industrial Exportadora. O objetivo do projeto é incrementar a competitividade e promover a cultura exportadora empresarial, através da capacitação e assessoria gratuita para as empresas desenvolverem o potencial de exportação e ampliarem mercados.

A Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC também vem intensificando a participação no debate proposto pelos prefeitos da região e pelo Grupo de Trabalho (GT) Desenvolvimento Econômico em relação à criação de Polo Tecnológico no Grande ABC. Na última Assembleia Geral do Consórcio, realizada no dia 11 de abril, os prefeitos aprovaram a regionalização do empreendimento, a partir do credenciamento do Parque Tecnológico de Santo André ao Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec).

Em janeiro deste ano, o Governo do Estado de São Paulo assinou o credenciamento definitivo do projeto apresentado pela Prefeitura de Santo André – que tem a Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC como gestora – ao SPTec (Sistema Paulista de Parques Tecnológicos).

A regionalização do empreendimento está em discussão no GT Desenvolvimento Econômico para estabelecer as diretrizes básicas desejadas ao funcionamento do Polo Tecnológico do Grande ABC. A partir disso, serão avaliadas as melhores formas para o desenvolvimento do projeto do Polo, do projeto das áreas que irão abrigar o empreendimento regional, bem como a captação de recursos para viabilizar todas as etapas do processo de sua implantação.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Universidades assumem presidência do Conselho Diretor da Agência GABC"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *