Um segundo…

616 0

clock* Maristela Prado – Um segundo, pronto, passou. É tudo tão rápido, a felicidade, o medo, a ansiedade, a coragem, aquele abraço de saudade. Tantas coisas que esperamos, quantos momentos.

Nada dura pra sempre, o mundo gira, a hora corre, as pessoas passam, o trânsito, a buzina, o trem, aquele olhar pra trás, passou também.

E a palavra mal dita, não dá mais pra voltar atrás, a não ser pedir desculpas, mas o tempo é implacável, não volta. O dito ficou dito, o não cravou em quem ouviu, o sim também.

Aquela lágrima que você não conseguiu segurar, pode ter sido a solução ou causa. A sensação da felicidade, o prazer, a saudade, em fração de segundos, passa, assim como a vida.

A cada segundo deixamos para trás alguma coisa, o tempo passou, a respiração foi mais uma, o colo, o carinho, o tapa, o beijo, o eu te amo. O grito, o choro, o riso, a gargalhada.

Nada é como antes, como a um segundo, tudo muda, torna-se calma ou barulho. O vai e volta da vida é todo dia, é toda hora, as mesmas coisas, os sentimentos se repetem, mas o tempo anda, o mundo gira e o segundo passa, nada volta, nada para. É pegar ou largar, senão o segundo leva..

* Maristela Prado é Bacharel em Letras e revisora de textos, casada e mãe dois filhos adultos. Leia mais no blog da colunista

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Um segundo…"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *