Um general vice-presidente sem rédeas e muito menos papas na língua

408 0

O êxito é fácil de obter. O difícil é merecê-lo…

Albert Camus.

Um general vice-presidente sem rédeas e muito menos papas na língua

O perfil do vice-presidente eleito, Gal. Hamilton Mourão (PRTB), já evidenciou uma característica, no mínimo, engraçada. Durante a campanha presidencial, Mourão destacava-se por expor suas opiniões, muitas delas, polêmicas. Causou furor, por exemplo, quando disse que, famílias comandadas por mães e avós são “fábricas de desajustados”, ou quando chamou de “mulambadas” os parceiros comerciais do Brasil no Hemisfério Sul. Aconselhado a se manter quieto durante a campanha, frente ao ambiente turbulento da época, Mourão soltou uma pérola sobre seus tempos de quarentena verbal. “Vou ficar igual ao frei Leonardo Boff. Vou ficar em silêncio obsequioso. É uma boa linha de ação”, disse à época. Evidentemente que não conseguiu. Depois disso vieram muitas pérolas do General e vários “alvos”. O mais recente foi o senador Magno Malta (PR-ES). Derrotado na última eleição, o Senador busca um “lugar ao sol” no futuro ministério do presidente eleito. Esse tão sonhado lugar, seria o Ministério da Família, que ainda vai ser criado. Para Mourão, Malta, que desistiu de ser vice para ganhar a eleição como senador pelo Espírito Santo, o que não se confirmou, se transformou “elefante branco” no meio da sala. A derrota de Magno Malta foi ironizada por Mourão: “Malta é um camelo que que precisa de um deserto”. Essa fala repercutiu e gerou várias manifestações. Uma delas do apresentador e eleitor declarado de Bolsonaro, Danilo Gentili. Em seu twitter, ele alfinetou o senador não-reeleito Magno Malta. “Uma das promessas do Presidente Bolsonaro foi a de que os cargos e ministérios seriam entregues para profissionais qualificados e pessoas capacitadas, e não para acomodar oportunistas e nem mesmo puxa-sacos, que fazem favores em troca de cargo. Isso seria mais do mesmo. #MagnoMaltaNão”, disparou Gentile. A situação na definição da nova equipe de governo do presidente eleito também foi cantada na visionária canção da banda Engenheiros do Hawai: “Qualquer coisa que se mova é um alvo, e ninguém tá salvo”. Pelo visto, Bolsonaro terá que ser impreterivelmente cauteloso e se especializar na aparação das arestas.         (Cida Tavares)

Frase:

Eu vejo que sou um assessor privilegiado. Privilegiado porque fui eleito junto com ele. Os demais assessores que forem escalados, podem ser mandados embora a qualquer momento. Eu permaneço. Nós somos ‘irmãos siameses’…

Hamilton Mourão , General do Exército e vice-presidente eleito na chapa com Jair Bolsonaro, em entrevista à BBC News, ao comentar sobre a sua permanência no governo de Jair Bolsonaro

Frase:

O intuito é melhorar a arrecadação municipal sem aumentar impostos. O foco tem sido buscar os créditos tributários com contribuintes omissos. É uma excelente ferramenta para promoção da justiça fiscal

Jefferson Cirne da Costa, Secretário da Fazenda da Prefeitura de São Caetano do Sul, ao comentar as ações e esforços no sentido de cobrar dívidas de contribuintes da cidade

São Caetano intensifica cobrança a devedores e melhora a arrecadação

A Prefeitura de São Caetano modificou a forma de fiscalização do pagamento de impostos. Agora, concentra esforços de cobrança sobre os maiores devedores do município. O resultado tem sido um sucesso. Foram identificados os 100 maiores devedores de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e de ISS (Imposto Sobre Serviços). Todos os grandes devedores do IPTU estão sendo visitados pelos fiscais da Prefeitura. A fiscalização notifica os contribuintes a quitarem os débitos sob pena de multa. Os contribuintes omissos, após o prazo da notificação, são autuados. No entanto, grande parte deles têm pago o valor à vista ou parcelado. O trabalho tem se concentrado também sobre os 100 maiores devedores de ISS. Desde janeiro, os fiscais de tributos promovem auditorias nas empresas que apresentam maiores inconsistências. O trabalho teve início em janeiro de 2018. Até setembro, houve pagamentos integrais ou parcelamento de débitos que trouxeram mais de R$ 2,3 milhões aos cofres públicos. “Este é o novo modelo de ação da Secretaria da Fazenda”, explica o secretário Jefferson Cirne da Costa.


VAPT-VUPT

VICE ASSUME EM RIBEIRÃO PIRES 1

  • Na manhã desta segunda-feira, dia 5 de novembro, o vice-prefeito da Estância Turística de Ribeirão Pires, Gabriel Roncon, foi empossado prefeito em exercício da cidade pela Câmara Municipal. Roncon seguirá no cargo por período de 15 dias, durante as férias do prefeito da Estância, Adler Teixeira – Kiko. Participaram da posse os vereadores João Lessa e Carlos Trindade. Logo após a assinatura de posse, Roncon realizou reunião com o primeiro escalão do Governo para alinhar ações dessa e das próximas semanas.

VICE ASSUME EM RIBEIRÃO PIRES 2

  • “Seguiremos a agenda de trabalho que a Prefeitura vem realizando desde o início dessa gestão, seguindo as diretrizes estabelecidas pelo prefeito Kiko. O empenho e dedicação dos gestores e de cada profissional têm sido diferencial para a superação dos desafios e para que juntos possamos dar andamento aos projetos de desenvolvimento de nossa cidade”, disse Gabriel Roncon.

ENEM TEM MENOR ÍNDICE DE ABSTENÇÃO

  • O primeiro dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio teve o menor índice de abstenção da história da prova: 24,9%. Dos 5.513.749 inscritos, foi constatada a presença de 4.139.319 candidatos, o equivalente a 75,1%. No ano passado, a abstenção foi de 29,9%.

COBRADOR DE PROMESSAS…

  • O prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), cobrou a instalação da Cross (Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde) na região. Além disso, o tucano falou sobre os novos investimentos que realizará nos próximos meses na cidade.

Justiça acata liminar de Orlando Morando e declara inconstitucional a PEC dos Supersalários

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) anunciou na última quarta-feira (31) que declara como inconstitucional a PEC 46, a chamada do PEC dos Supersalários, que aumenta o teto salarial do serviço público no Estado de R$ 21.631,05 para R$ 30.471,11 até 2022. A decisão atendeu a uma ADIN – Ação Direta de Inconstitucionalidade – proposta pelo prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, em junho, após a Assembleia Legislativa ter aprovado. “É um momento de dificuldade financeira no País. Não podia ficar de braço cruzado. Elaboramos este plano na busca pelo respeito ao dinheiro público, bem como na defesa do conceito da moralidade e autonomia do município”, destacou o prefeito de São Bernardo. Por intermédio da Procuradoria-Geral do Município, o chefe do Executivo ingressou com a ação, respaldado em justificativas de desrespeito as constituições federal e do Estado, derrubando a autonomia dos municípios sobre a folha de pagamento de seus próprios servidores. A decisão foi unânime. Os desembargadores, que integram o Órgão Especial, entenderam ser inconstitucional a mudança feita pela emenda, declarando efeitos retroativos. Ou seja, a emenda é inconstitucional desde que foi criada. Ao anunciar seu voto, o relator do processo, desembargador Renato Sartorelli, considerou que a mudança no teto dependeria de proposta do Executivo, conforme havia apontado o prefeito Orlando Morando em sua ação. “Decidimos pela ADIN, uma vez que o momento econômico é muita crítica no País. Esse teto criado poderia ser altamente nocivo aos municípios. Recebemos com muita alegria essa decisão”, adicionou o prefeito Orlando Morando.

Total 3 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Um general vice-presidente sem rédeas e muito menos papas na língua"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *