Tragédia de Brumadinho demonstra a leniência e insensibilidade das autoridades e empresas

249 0

Meio Ambiente por inteiro – Uma nova tragédia ambiental aconteceu em Minas Gerais nesta sexta (25) pelo rompimento de três barragens da mineradora Vale, na cidade de Brumadinho. Centenas de pessoas estão desaparecidas e certamente o desastre deixará prejuízos sociais e ambientais na região.

Especialistas em Direito Ambiental e Civil, que atuam na defesa de vítimas de tragédias ambientais, afirmam que esse novo grave acidente, que ocorreu três anos após o caso de mineradora Samarco, na cidade de Mariana, demonstra que as autoridades e as empresas brasileiras são lenientes e insensíveis ao cuidar de seus negócios, da comunidade, dos funcionários e o meio ambiente.  

“É lamentável que após três anos da maior tragédia ambiental do país, este tipo de acidente ocorra novamente. Esta reincidência só mostra como as autoridades e as empresas são lenientes na responsabilidade de cuidar das consequências de seus negócios. Infelizmente, quem mais sofre são as comunidades atingidas que, neste momento de maior vulnerabilidade, terão que lidar com a dor e encontrar forças para se reerguer pela segunda vez”, destaca Leonardo Amarante, advogado representante de cerca de 9 mil pescadores entre Colônias e Federação de MG e ES.

Já para Mauro Menezes, sócio do Mauro Menezes & Advogados, advogado de vítimas de contaminação e desastres ambientais em Brasília, “a tragédia de Brumadinho expõe com o máximo horror os resultados nefastos da insensibilidade humana e ambiental”, concluiu.

Total 2 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Tragédia de Brumadinho demonstra a leniência e insensibilidade das autoridades e empresas"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *