Toyota apresenta a nova Hilux ao mercado brasileiro

1025 0

Da Redação – A Toyota apresenta a 8ª geração da Hilux, com design totalmente renovado e muito mais elegante, uma lista de equipamentos mais recheada, excelente conforto ao dirigir, novo motor e transmissão, chassi mais resistente e melhor capacidade fora de estrada. Tudo isto, sem descuidar da segurança. Tais características resumem os dois pilares que nortearam o desenvolvimento da nova Hilux: “Uma nova Era para Picapes” e “Mais Hilux do que Nunca”.

O primeiro pilar — “Uma Nova Era para Picapes” — está relacionado a oferecer o conforto interno dos utilitários esportivos e outros aspectos emocionais, incrementado com um nível de equipamentos superior.

O pilar “Mais Hilux do que Nunca” está diretamente ligado à história de força da Hilux e sua referência como veículo comercial. Fazem parte deste pilar as substanciais melhorias realizadas na estrutura do modelo, que ampliaram o uso prolongado sem quebras, em qualquer tipo de estrada, mesmo que sua capacidade de carga seja explorada no limite.

A nova Hilux, que chega às concessionárias da Toyota de todo o Brasil em 18 de novembro, quer reforçar sua liderança no segmento de picapes médias a diesel no País. Desde que a Hilux nasceu, em 1968, a Toyota já vendeu mais de 16 milhões de unidades em 180 países. Por sete gerações, a picape ganhou uma reputação lendária e arrebatou um grande número de clientes fiéis em todo o mundo, devido aos seus pilares de qualidade, durabilidade e confiabilidade. Em poucas palavras, todos sabem que Hilux é sinônimo de “força”. E a geração que chega agora reforça este posicionamento.

Depois de testar as condições de uso da nova Hilux em cenários extremamente exigentes em todo o mundo, o principal objetivo da equipe de engenharia da Toyota foi torná-la superior à anterior, em todos os aspectos. Mais do que isto, enaltecer a sua principal característica: a força.

O que realmente significa força? – Para realmente entender o que os clientes esperam da Toyota e os desafios diários que enfrentam, a equipe que desenvolveu a nova Hilux viajou por todo o mundo, ouvindo a opinião dos consumidores e dirigindo em uma ampla variedade de estradas, para obter uma visão geral das diferentes e reais condições de uso do veículo.

Como fonte de inspiração para a nova Hilux, o time dirigiu em diversas condições possíveis, de uma estrada plana a trilhas mais difíceis. Muitas vezes, encontraram condições mais desafiadoras do que esperavam, o que motivou o desenvolvimento de uma picape ainda mais forte.

A nova Hilux reflete principalmente a opinião dos proprietários. Alguns deles queriam fazer viagens longas, sem se preocupar com a autonomia de combustível. Outros disseram o quão difícil é estar alerta e dirigir com segurança por longas distâncias e por estradas em más condições. Um cliente relatou que utiliza o radiocomunicador em viva-voz enquanto está dirigindo, por conta de seu trabalho, justificando por que uma cabine silenciosa é essencial.

Estas e outras necessidades ajudaram os engenheiros da Toyota a concluir que a nova Hilux deveria não só ser mais forte, como minimizar o estresse do motorista. Por esta razão, e para além das ideias convencionais sobre força, a nova Hilux oferece também o conforto de pilotagem necessária para cobrir longas e difíceis distâncias, uma cabine silenciosa, adequada para comunicações em qualquer condição e ainda mais autonomia. A nova Hilux redefine o conceito de “força”, mantendo e aprimorando seu lendário DNA, e proporcionando mais conforto aos ocupantes. Como explicado por Hiroki Nakajima, o engenheiro-chefe responsável pela nova Hilux: “Todo o nosso conceito de desenvolvimento foi centrado na “redefinição de força”. O objetivo era fazer uma nova Hilux “ainda mais forte”, com base em uma interpretação muito mais ampla da palavra”.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Toyota apresenta a nova Hilux ao mercado brasileiro"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *