Tenente Coimbra questiona Estado sobre deficit na Polícia Técnico-Científica

2752 0

Da Redação – O deputado estadual Tenente Coimbra (PSL-SP) solicitou ao secretário de segurança pública de São Paulo, General João Camilo Pires de Campos, informações sobre a reposição de servidores da Polícia Técnico-Científica.

No requerimento protocolado na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), o parlamentar questiona sobre o deficit de servidores que atuam no Instituto Médico Legal (IML) e nos Institutos de Criminalística (IC) espalhados pelo estado.

De acordo com reportagem publicada na imprensa, faltam profissionais para ocupar os cargos de atendente de necrotério; auxiliar de necrópsia; desenhista técnico-pericial; fotógrafo técnico-pericial; oficial administrativo e peritos criminais.

Em algumas carreiras, como a de oficial administrativo, a falta de servidores atinge 55% das vagas totais. O deficit atinge quase 38% dos médicos legistas e 34% dos atendentes de necrotério. Faltam, ainda, 22% dos auxiliares de necropsia. 

“Esses dados foram divulgados pelo Sindicato dos Peritos Criminais do Estado de São Paulo para a imprensa e revelam o descaso com as unidades do IML em todo Estado. Aqui em Santos a situação é ainda mais sensível, porque a unidade está fechada há seis meses”, comenta o parlamentar.

No documento protocolado na Alesp, Coimbra questiona quando a SSP fará concursos para repor o quadro vago de servidores. “A falta de funcionários não prejudica apenas os servidores, que ficam sobrecarregados, mas a todos os cidadãos que dependem dos serviços da Polícia Técnico-Científica. O governador João Doria precisa cumprir sua promessa de valorizar a polícia paulista. E nós vamos cobrar!”, completa o deputado.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Tenente Coimbra questiona Estado sobre deficit na Polícia Técnico-Científica"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *