Sesc SP recorre a teatro e dança para debater longevidade e envelhecimento

117 0

Da Redação – A potência dos palcos dos teatros e dos corpos em movimento na dança como instrumento transformador e fundamental na ruptura com os preconceitos e estereótipos relacionados aos idosos são o foco da MOSTRA SENTIDOS: A LONGEVIDADE NA ARTE, que acontece de 1º a 11 de outubro, nas 38 unidades do Sesc da capital, litoral e interior de São Paulo.

A ação do Sesc São Paulo celebra o Dia Internacional do Idoso (1º de outubro) com as linguagens do teatro e da dança, que contemplam os temas da longevidade e do envelhecer em suas narrativas, dramaturgias, formatos, elencos e propostas para o público de todas as idades.

Com 21 atividades gratuitas (treze peças de teatro, três espetáculos de dança, quatro intervenções e um bate-papo), a MOSTRA SENTIDOS: A LONGEVIDADE NA ARTE pretende despertar por meio dos múltiplos sentidos provocados pela arte, um olhar mais profundo sobre a temática do envelhecimento a partir dos 60 anos. Na região do Grande ABC, as unidades do Sesc de Santo André e São Caetano recebem espetáculos da programação.

Segundo Danilo Santos de Miranda, diretor regional do Sesc São Paulo, a instituição é pioneira no Trabalho Social com Idosos com ações permanentes e presença constante nas ações e debates no âmbito do Dia Internacional do Idoso. “Assim, a Mostra Sentidos propõe discutir a velhice e a longevidade por meio da arte, na expectativa de que as reflexões despertadas pelo teatro e pela dança suscitem a desconstrução dos estereótipos e preconceitos que cercam o envelhecimento”, destaca.

O Dia Internacional do Idoso sinaliza uma oportunidade de discussão sobre a longevidade e o envelhecer. Atualmente, mais de 700 milhões de pessoas no mundo possuem 60 anos ou mais. Em 2050, serão mais de dois bilhões de indivíduos idosos (em torno de 20% da população do planeta). Para marcar a data estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Sesc São Paulo, pioneiro no Trabalho Social com Idosos e focado em sua missão socioeducativa de promoção da cultura, convida o público para uma reflexão sobre o processo de envelhecimento por meio da sensibilidade fomentada pela programação artística.

Espetáculo chileno inédito no Brasil

Um neto que se senta à mesa com seus avôs antes de um almoço para refletir sobre momentos importantes que definiram suas trajetórias é o mote do espetáculo Los Que Vinieron Antes, da Cia de La Laura Palmer, de Santigo, no Chile. Inédito no Brasil, a montagem – um dos destaques da mostra – celebra os 10 anos nos palcos do grupo chileno e será apresentada dia 5 de outubro, sexta-feira, às 20 horas, no Sesc Santo André.

Já o Sesc São Caetano recebe na segunda-feira, dia 8 de outubro, às 17 horas, o espetáculo Pequenas Coisas, do Morpheus Teatro. Situações do cotidiano de seis personagens são retratadas na peça, que utiliza a técnica de manipulação de bonecos em tamanho natural e aborda temas como velhice e passagem do tempo, limitações do corpo e da mente e solidão.

Trabalho Social com Idosos do Sesc São Paulo

Ao longo de mais de meio século de presença no cenário sociocultural, o Trabalho Social com Idosos do Sesc São Paulo passa por constantes avaliações e reformulações, na intenção de responder às demandas que se apresentam a cada momento. Tendo como pressuposto a educação como dispositivo de transformação social, tem oferecido aos idosos espaços de aprendizado e sociabilização, experimentação de linguagens artísticas, de trabalhos corporais e ações em diferentes campos da cultura. Em sua metodologia considera o contexto sociocultural de seu público alvo para o desenvolvimento das ações. Desde 1963, a sociabilização e ocupação do tempo livre, a ação educacional e, na contemporaneidade, a transversalidade e a ruptura com estereótipos e preconceitos.

No contexto social observa-se que os idosos não estão mais restritos à dimensão privada, o que é fundamental para serem vistos como cidadãos e seres autônomos. Apropriam-se de espaços públicos e virtuais que lhes dão visibilidade e sua presença nesses espaços – em qualquer instância – é essencial para trazer para a pauta de discussão as questões relacionadas à existência humana, alterando paradigmas e percepções sobre o processo de envelhecimento e sobre a velhice.

Serviço: MOSTRA SENTIDOS: A LONGEVIDADE NA ARTE, de 1º a 11 de outubro, nas 38 unidades do Sesc da capital, litoral e interior de São Paulo. Grátis.

PROGRAMAÇÃO

LOS QUE VINIERON ANTES | Cia de La Laura Palmer – Santiago (CHI)

Inédita no Brasil, a montagem da companhia chilena que celebra dez anos em 2018 apresenta Ítalo, um neto que se senta à mesa com seus avôs antes de um almoço para refletir sobre momentos importantes que definiram suas trajetórias. O público é convidado a compartilhar os relatos e ser testemunha do encontro familiar em que se discute questões como o que ocorre com um homem que vive somente para o trabalho quando se aposenta e como viver quando se tem certeza da proximidade da morte.

Direção: Ítalo Gallardo | Dramaturgia: Ítalo Gallardo, Pilar Ronderos e Jorge Arecheta | Assistente de direção: Pilar Ronderos e Jorge Arecheta | Produção: Mónica Drouilly Hurtado | Produção no Brasil: Felipe França Gonzalez | Elenco: Italo Gallardo, Miguel Gallardo e Manuel Betancourt | Técnico de iluminação: Gonzalo Hurtado | Produtor técnico: Pablo Barbatto | Desenho de cenografia e iluminação: Laurene Lemaitre | Sonorização: Jorge Arecheta | Fotografia: Tomás Irarrázabal.

 

Dia 5, sexta-feira às 20h | Sesc Santo André

Duração: 80 minutos | Classificação etária: Livre | Grátis (Retirada de ingressos 1h antes da atividade).

PEQUENAS COISAS | Morpheus Teatro (SP)

Situações do cotidiano de seis personagens são retratadas neste espetáculo que utiliza a técnica de manipulação de bonecos em tamanho natural e aborda temas como velhice e passagem do tempo, limitações do corpo e da mente e solidão. Seu Rubens anda muito cansado, esquece onde põe os objetos do dia a dia e acha que a filha cuida demais dele. Samuel tem medo de tocar e Samuca precisa ser tocado. Josefina e Atílio foram pegos pela chuva. Fátima já sabe que a filha vai se atrasar e mesmo assim a espera.

Direção: João Araujo | Elenco: Verônica Gerchman, ZéAntônio do Carmmo e João Araujo | Criação de bonecos e cenário: Verônica Gerchman e João Araujo.

Dia 8, segunda-feira às 17h | Sesc São Caetano

Duração: 60 minutos | Classificação etária: 12 anos | Grátis (Retirada de ingressos 1h antes da atividade).

UNIDADES SESC

Sesc Santo André Rua Tamarutaca, 302, Vila Guiomar sescsp.org.br/santoandre

Sesc São Caetano Rua Piauí, 554, Santa Paula

sescsp.org.br/saocaetano

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Sesc SP recorre a teatro e dança para debater longevidade e envelhecimento"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *