Sesc São Paulo anuncia programação de exposições em todo o Estado

268 0

A 15ª Bienal Naïfs do Brasil (Sesc Piracicaba), Infinito Vão: 90 anos de Arquitetura Brasileira (Sesc 24 de Maio) e Transbordar: Transgressões do Bordado na Arte (Sesc Pinheiros) são alguns dos destaques de novembro, entre as 18 exposições apresentadas na capital, interior e litoral. Visitação é gratuita, mediante agendamento prévio pelo portal do Sesc São Paulo (sescsp.org.br/exposicoes)

Da Redação – Em novembro, o Sesc São Paulo apresenta oito novas exposições nas unidades da capital (24 de Maio, Consolação, Pinheiros, Santana e Santo Amaro), da Grande São Paulo (Guarulhos) e do interior (Piracicaba). Ampla e variada, a programação se integra às dez mostras abertas pela instituição em outubro nas cidades de São Paulo, Santo André, São Caetano, Santos, Sorocaba e Taubaté, e contempla públicos diversos, com recortes curatoriais que permeiam a arquitetura brasileira, lusofonia, meio ambiente, ciência e saúde, além de outras questões latentes do mundo contemporâneo.

A diversidade de temas e formatos das exposições é um dos fios que conduzem o Programa de Artes Visuais do Sesc São Paulo. São projetos pensados para democratizar o acesso e conhecimento à arte e estimular a reflexão crítica. E, para complementar a experiência, além de visitar as exposições, mediante agendamento prévio online, o público pode participar de atividades gratuitas, como cursos e oficinas e bate-papos, no ambiente virtual.

Entre os destaques da programação, está a 15ª edição da Bienal Naïfs do Brasil, realizada pelo Sesc São Paulo tradicionalmente na unidade Piracicaba. Com curadoria de Ana Avelar e Renata Felinto, a Bienal abre em 28 de novembro com obras de 125 artistas de 21 estados brasileiros, além do Distrito Federal, e também com a participação das artistas convidadas Carmela Pereira, Leda Catunda, Raquel Trindade e Sonia Gomes. Sob o título Ideias para adiar o fim da arte, a exposição traz obras em suportes diversos e levanta discussões sobre questões associadas ao fazer artístico; ao meio ambiente; ao feminino enquanto força social, divindade e figura do sagrado; às violências estruturais históricas; entre outras pautas latentes do mundo atual.

No dia 25 de novembro, no coração da capital, o Sesc 24 de Maio recebe a exposição inédita no país Infinito Vão: 90 Anos da Arquitetura Brasileira. Com curadoria de Fernando Serapião e Guilherme Wisnik, a mostra, realizada anteriormente na Casa da Arquitectura, em Portugal, traz ao público um recorte da história da arquitetura brasileira – desde a conclusão da primeira das três casas modernistas de Gregori Warchavchik (1928) até o presente – a partir de obras e projetos de 96 arquitetos emblemáticos do país, entre os quais Lina Bo Bardi, Lucio Costa, Oscar Niemeyer, Vilanova Artigas e Paulo Mendes da Rocha.

Ainda na capital da cidade, estreia no Sesc Pinheiros a exposição Transbordar: Transgressões do Bordado na Arte, com curadoria de Ana Paula Cavalcanti Simioni. Em cartaz a partir do dia 26, a mostra reúne obras de mais de 30 mulheres e homens artistas que se utilizam do bordado como um meio expressivo contestador de hierarquias estéticas e sociais. São nomes como Ana Miguel, Anna Bella Geiger, Arthur Bispo do Rosário, Beth Moysés, Fabio Carvalho, Fernando Marques Penteado, Jucelia da Silva, Karen Dolorez, Leonilson, Letícia Parente, Lia Menna Barreto, Nazareth Pacheco, Pola Fernandez, Rodrigo Mogiz, Rosana Palazyan, Rosana Paulino, Rosângela Rennó, Sônia Gomes, Zuzu Angel, entre outros. A mostra traz também alguns trabalhos de arpilleras chilenas.

“As exposições que integram a retomada gradual de ações presenciais contemplam temas atuais dos tempos em que vivemos. Há exposições lúdicas e interativas mais voltadas ao público infanto-juvenil até projetos que convidam a reflexões mais densas. Acredito que o propósito da arte e seu poder de transformação social serão reafirmados no atual contexto pandêmico que atravessamos e no pós, também. E essa função social, de agente educador, democrático, está no cerne do Sesc São Paulo”, afirma Danilo Santos de Miranda, Diretor do Sesc São Paulo .

A abertura das exposições ocorre em consonância com as orientações do Governo do Estado de São Paulo e das prefeituras municipais para retomada de atividades presenciais e segue medidas criteriosas de proteção e prevenção do Covid-19, estabelecidas pelos órgãos de saúde pública. O público poderá visitar as mostras de forma gratuita e presencial mediante agendamento prévio online através da página de cada unidade no Portal do Sesc São Paulo (ou em sescsp.org.br/exposicoes). A fim de manter o distanciamento seguro entre os visitantes, as vagas para sessões são limitadas e variam conforme a unidade.

Confira a seguir a programação das oito novas exposições que o Sesc São Paulo traz em novembro.

Sesc Guarulhos
My name is IVALD GRANATO Eu sou
O pintor, gravador, desenhista e artista multimídia Ivald Granato (1949 – 2016) é homenageado na exposição My name is IVALD GRANATO Eu sou, que reúne mais de 500 obras, entre pinturas, objetos, desenhos, cadernos e recursos multimídia que contam 50 anos da trajetória do multifacetado artista.
Curadoria: Daniel Rangel
Período expositivo: 10 de novembro de 2020 a 21 de fevereiro de 2021
Agendamento de visitas em sescsp.org.br/guarulhos

Sesc Santo Amaro
Trabalhadores
O trabalho ocupa um espaço na vida das pessoas que, por vezes, se confunde com a própria noção de identidade. A partir desta premissa, a mostra apresenta ilustrações – especialmente a partir da produção literária brasileira da segunda metade do século 19 e a primeira do século 20 – focando em obras nas quais os personagens têm suas trajetórias de algum modo relacionadas a seus trabalhos.
Curadoria: Chico Homem de Melo
Período expositivo: 21 de novembro a 26 de julho de 2021
Agendamento de visitas em sescsp.org.br/santoamaro

Sesc Consolação
Países Espelhados: Brasileiros e Africanos que Falam Português
Por meio de imagens, artesanatos, têxteis, música, lendas e histórias das tradições oral e escrita, e culinária, a exposição apresenta as trocas culturais entre os países lusófonos Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe.
Curadoria: Renato Imbroisi
Período expositivo: 24 de novembro de 2020 a 27 de fevereiro de 2021
Agendamento de visitas em sescsp.org.br/consolacao

Sesc Pinheiros
Transbordar: Transgressões do Bordado na Arte
A mostra reúne obras de mais de 30 artistas de diversas gerações, pesquisas e linguagens artísticas que se utilizam do bordado como um meio expressivo contestador de hierarquias estéticas e sociais. São nomes como Ana Miguel, Anna Bella Geiger, Arthur Bispo do Rosário, Beth Moysés, Fabio Carvalho, Fernando Marques Penteado, Jucelia da Silva, Karen Dolorez, Leonilson, Letícia Parente, Lia Menna Barreto, Nazareth Pacheco, Pola Fernandez, Rodrigo Mogiz, Rosana Palazyan, Rosana Paulino, Rosângela Rennó, Sônia Gomes, Zuzu Angel, entre outros. A mostra traz também alguns trabalhos de arpilleras chilenas.
Curadoria: Ana Paula Cavalcanti Simioni
Período expositivo: 26 de novembro 8 de maio de 2021
Agendamento de visitas em sescsp.org.br/pinheiros

Sesc Piracicaba
15ª Bienal Naïfs do Brasil: Ideias para Adiar o Fim da Arte
Com a participação de mais de 100 artistas de diferentes regiões do país, a 15ª Bienal Naïfs do Brasil traz discussões sobre temas como meio ambiente; o feminino como força social, como divindade e como figura do sagrado; as violências estruturais históricas; os espaços de coletividade e sociabilidade em ritos, festas e cerimônias; e o debate sobre objetualidade e utilidade.
Curadoria: Ana Avelar e Renata Felinto
Previsão de encerramento: 27 de novembro de 2020 a 25 de julho de 2021
Agendamento de visitas em sescsp.org.br/piracicaba

Sesc 24 de Maio
Infinito Vão: 90 Anos de Arquitetura Brasileira
A exposição traz ao público um recorte da história da arquitetura brasileira a partir de obras e projetos de 96 arquitetos emblemáticos do país, como Lina Bo Bardi, Lucio Costa, Oscar Niemeyer, Vilanova Artigas e Paulo Mendes da Rocha. Com curadoria de Fernando Serapião e Guilherme Wisnik, a mostra compreende desde a conclusão da primeira das três casas modernistas de Gregori Warchavchik (1928) até o presente.
Curadoria: Fernando Serapião e Guilherme Wisnik
Período expositivo: 25 de novembro de 2020 a 27 de junho de 2021
Agendamento de visitas em sescsp.org.br/24demaio

Sesc Santana
Conflitos, insurgências e resistências
Terceira parte de uma trilogia inspirada nos blocos – a Terra, o Homem e a Luta – da obra Os Sertões, de Euclides da Cunha, a mostra traz obras dos artistas Denilson Baniwa, Regina Parra, Coletivo Trovoa e Mulambö .
Período expositivo: 27 de novembro de 2020 a 27 de junho de 2021
Agendamento de visitas em sescsp.org.br/santana

A programação ainda contempla as dez mostras abertas em outubro, na retomada gradual de atividades presenciais do Sesc São Paulo.

Sesc Interlagos
Pasteur, o Cientista
Figura emblemática da ciência, um pesquisador obstinado e um mestre na divulgação científica, o francês Louis Pasteur (1822-1895) é agora homenageado na exposição Pasteur, o Cientista. A mostra, organizada e concebida pela Universcience – órgão do Ministério da Cultura da França -, exibe de forma lúdica as descobertas do cientista por meio de obras organizadas em ordem cronológica e traz ao público desde a solução de um enigma químico até a vitória de Pasteur contra a raiva, doença que, no século XIX, era tida como incurável.
Curadoria: Eric Lapie e Astrid Aron
Curadoria científica: Maxime Schwartz
Curadoria nacional: Juliana Manzoni Cavalcanti e Vanessa Pereira Mello (Fiocruz)
Previsão de encerramento: 29 de novembro de 2020
Agendamento de visitas em sescsp.org.br/interlagos

Sesc Santos
(Re)Inventar – Artistas Criadores
Trajetórias singulares de artistas inventivos, cujas criações ampliaram o universo da arte brasileira, estão no cerne da exposição (Re)Inventar – Artistas Criadores. Com curadoria de Angela Mascelani, a mostra apresenta mais de 200 obras que integram o acervo do Museu Casa do Pontal, do Rio de Janeiro, criações de cerca de 33 artistas populares do Ceará, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Pernambuco.
Curadoria: Angela Mascelani
Previsão de encerramento: 13 de dezembro de 2020
Agendamento de visitas em sescsp.org.br/santos

Sesc Carmo
Perambular
As diferenças e similaridades entre a cultura brasileira e a portuguesa conduziram a escritora, arte-educadora e atriz Selma Maria por uma intensa pesquisa de dez anos. Acompanhada pelo escritor José Santos, ela se aventurou em viagens que cruzaram o Atlântico em busca de objetos múltiplos sobre a temática. O resultado é apresentado na mostra por meio de brinquedos e objetos diversos que aludem às características culturais dos povos brasileiros e portugueses.
Curadoria: Selma Maria e José Santos
Previsão de encerramento: 28 de janeiro de 2021
Agendamento de visitas em sescsp.org.br/carmo

Sesc Pompeia
FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal
Com curadoria de Marta Mestre e curadoria adjunta de Pollyana Quintella, ‘FARSA’ investiga as relações entre linguagem, arte, poesia, política, discriminação e questões de gênero em contextos coloniais por meio de trabalhos de mais de 50 artistas, entre os quais Andrea Tonacci, Anna Bella Geiger, Anna Maria Maiolino, Grada Kilomba, Gretta Sarfaty, Lygia Pape, Movimento Feminino Pela Anistia No Brasil, Paulo Bruscky, Pietrina Checcacci, Regina Silveira, Regina Vater, Renata Lucas, entre outros. Curadoria: Marta Mestre e Pollyana Quintella (adjunta)
Previsão de encerramento: 30 de janeiro de 2021
Agendamento de visitas em sescsp.org.br/pompeia

Sesc Pompeia
Kader Attia – Irreparáveis Reparos
Expondo pela primeira vez na América Latina, o artista franco-argelino Kader Attia exibe ao público brasileiro obras inéditas e trabalhos emblemáticos de seus mais de 20 anos de carreira, cuja produção lida com reparação, pós-colonialismo, diásporas africanas e questões relacionadas a como essas marcas históricas são vividas e revistas entre as nações.
Curadoria: Carolin Köchling
Previsão de encerramento: 30 de janeiro de 2021
Agendamento de visitas em sescsp.org.br/pompeia

Sesc Sorocaba
Entre Bits, Átomos e Afetos
Unindo arquitetura, design, ciência, tecnologias digitais e emoções, a primeira exposição individual de Guto Requena convida o público a experimentar empatia e afetividade por meio de instalações interativas e imersivas .
Curadoria: Estúdio Guto Requena
Previsão de encerramento: 31 de janeiro de 2021
Agendamento de visitas em sescsp.org.br/sorocaba

Sesc Bom Retiro
Caipirismo – José Antônio da Silva e Jocelino Soares
A mostra reúne 55 obras de dois artistas brasileiros que dividiram, por um tempo considerável, o mesmo espaço geográfico: a cidade de São José do Rio Preto. São trabalhos que revelam universos culturais e sociais do interior paulista através de um panorama de paisagens, retratos, temas religiosos e alegóricos.
Curadoria: Odécio Visintin Rossafa Garcia e Romildo Sant’Anna
Previsão de encerramento: 31 de janeiro de 2021
Agendamento de visitas em sescsp.org.br/bomretiro

Sesc Santo André
Entre Bordas: Sons que Escapam
A exposição presta homenagem ao músico, performer e compositor americano John Cage e reúne trabalhos de Paulo Nenflídio, Sandra Cinto, Thomaz Rosa, Renan Marcondes e Bruno Kurru que tratam da sutileza sonora da quietude, do poder enunciativo do que é som em potencial.
Curadoria: Paula Braga
Previsão de encerramento: 7 de março de 2021
Agendamento de visitas em sescsp.org.br/santoandre

Sesc São Caetano
Sala de Estar
A exposição é resultado de um curso conduzido pela curadora junto a professores da rede pública de ensino de São Caetano do Sul. Ao longo do processo, que ocorreu antes da pandemia, eles pesquisaram e selecionaram algumas obras do Acervo Sesc de Arte a partir de três módulos temáticos – Pessoas/Corpo; Paisagens/Lugares; e Paisagens/Objetos. O resultado do primeiro módulo reúne trabalhos de Bárbara Wagner & Benjamin de Burca, Brígida Baltar, Cândido Portinari, Claudio Tozzi, Dalton Paula, Luiz Paulo Baravelli, Nino Cais e Sônia Ribeiro Paul .
Curadoria: Valquíria Prates
Previsão de encerramento: maio de 2021
Agendamento de visitas em sescsp.org.br/saocaetano

Sesc Taubaté
#OcupaSacy
Por meio de uma cenografia lúdica e interativa, a exposição convida o público de todas as idades a conhecer as curiosidades, lendas, histórias e curiosidades acerca da figura do Sacy.
Curadoria: Rudá K. Andrade
Previsão de encerramento: 23 de maio de 2021
Agendamento de visitas em sescsp.org.br/taubate

Orientações de segurança para visitantes

O Sesc São Paulo retoma, de maneira gradual e somente por agendamento prévio online, a visitação gratuita e presencial a exposições em suas unidades na capital, na Grande São Paulo, no interior e no litoral. Para tanto, foram estabelecidos protocolos de atendimento em acordo com as recomendações de segurança do governo estadual e da prefeitura municipal.

Para diminuição do risco de contágio e propagação do novo coronavírus, conforme as orientações do poder público, foram estabelecidos rígidos processos de higienização dos ambientes e adotados suportes com álcool em gel nas entradas e saídas dos espaços. A capacidade de atendimento das exposições foi reduzida para até 5 pessoas para cada 100 m², com uma distância mínima de 2 metros entre os visitantes e sinalizações com orientações de segurança foram distribuídas pelo local.

A entrada na unidade será permitida apenas após confirmação do agendamento feito no portal do Sesc São Paulo. A utilização de máscara cobrindo boca e nariz durante toda a visita, assim como a medição de temperatura dos visitantes na entrada da unidade serão obrigatórias. Não será permitida a entrada de acompanhantes sem agendamento. Seguindo os protocolos das autoridades sanitárias, os fraldários das unidades seguem fechados nesse momento e, portanto, indisponíveis aos visitantes.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Sesc São Paulo anuncia programação de exposições em todo o Estado"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *