Sesc São Caetano realiza projeto literário Mulheres que Leem Mulheres

680 0

Da Redação – Nos meses de agosto e setembro o Sesc São Caetano realiza o projeto Mulheres que Leem Mulheres, série de ações que incentivam a reflexão sobre o que escritoras, poetas, compositoras e pensadoras têm semeado no campo da palavra, sobre a curadoria de Penélope Martins

Penélope Martins é poeta e narradora de histórias, começou a desenvolver projetos para letramento com oralidade em 2006 e, mantém no ar blogs que compartilham conteúdo literário, também é interlocutora em oficinas da narrativa em projetos de longa duração para crianças, jovens, adultos e pessoas com deficiências intelectuais. Entre seus livros publicados estão “Poemas do Jardim”, pela Editora Cortez, “Quintalzinho”,

Poesia na Cozinha – Mulheres que leem Mulheres- Segunda a sexta, das 12h às 14h
Projeção audiovisual que homenageia mestres da poesia e de outros gêneros, propondo seu encontro com o universo gastronômico. Nesta edição, com o poema especialmente composto por Penélope Martins, criadora do projeto Mulheres que leem Mulheres

Do Baú à Estante – Mulheres que leem Mulheres – Segunda a sexta, das 9h às 21h30, Sábados, das 9h às 17h30
Dentro da diversidade de títulos disponíveis na biblioteca volante do BiblioSesc, a seleção para a estante do espaço de leitura na unidade reúne autoras de diversos gêneros literários, obras coletadas por Penélope Martins, idealizadora do projeto Mulheres que leem mulheres.

Vídeo Poesia – Despertando a Poesia por Meio da Estética com Thays Berbe 14 a 28/9. Quintas, 19h.
A partir da reflexão situada nas confluências entre o texto e o vídeo, a oficina irá desenvolver ferramentas teóricas e práticas de auto representação poética. Serão apresentadas referências sobre o campo da imagem e montagem, trabalhos de videoartistas, além de exercícios de análise textual a partir de obras de autoras brasileiras. Ao final serão criadas coletivamente as vídeo poesias a partir de textos escolhidos.

Escrita e Poesia com Penélope Martins. 2 a 23/9 Sábados, 10h
Por meio de leituras, os exercícios buscarão identificar a experiência nascida e amadurecida em outras autoras, criar diálogos com poemas lidos e interpretar livremente conteúdos expostos. As participantes serão convidadas a partilhar leituras, escrever e recompor os próprios textos com linguagem autêntica.

contação de histórias – Sábados às 12h
2/9 – As aventuras de Aninha com a Damas&Cia
Menina brincalhona e aventureira, Aninha ia todos os dias para a escola pelo mesmo caminho. Um dia se vê diante de uma bifurcação com duas placas: O caminho misterioso para a escola e o caminho nada misterioso para a escola. Advinha qual caminho ela escolheu? Venha e descubra o desfecho desta história escrita por Ana Paula Lopez.

7/9 – Por que só as princesas se dão bem?
Diante de tantas obrigações no palácio e de uma vida regrada, com sapatos que causam calos e vestidos apertados, a princesa Bia não aguenta e solta um pum! Mas princesa não solta pum! Será? Nesta história da escritora carioca Thalita Rebouças a personagem Bia começa uma série de perguntas sobre o mundo das princesas.

9/9 – A Véia da Gudéia com Cristiane Velasco
Imagine um conto criado a partir do pesadelo de uma criança de cinco anos! Foi daí que veio a história que das peripécias de uma bruxa brasileira, escrita por Cristiane Velasco e seus alunos no espaço de educação infantil Casa Redonda Centro de Estudos. O nome da personagem foi “emprestado” da lenda da Pedra do Baú (São Bento do Sapucaí/SP)

16/9 – Maria Sabida e João do Uia com Cristiane Velasco
Virginia escreveu Uma princesa metida a saber tudo e de um moço com fama de bobo que resolve enfrentar um duelo de boca para se casar com ela. O desafio? Calar Maria Sabida por um minuto. Reconto que se tornou o primeiro livro da autora Cristiane Velasco.

23/9 – Galos, Galinhas e Ovos com Ana Luísa Lacombe
Histórias com muitos cacarejos e brincadeiras sobre a tremenda confusão que aconteceu no dia em que o Sol e a Lua inverteram seus turnos e deixaram a bicharada maluca: “Galo, Galo Não Me Calo”, “Foi Ovo? Uma Ova!”. Inspirada na divertida obra de Sylvia Orthof “Mudanças no Galinheiro”.

30/9 – Contos da Lia com Ana Luísa Lacombe
Histórias como “Galileu, Leu”, “Adélia Esquecida”, “Como os Peixes Foram Parar no Mar” irão trazer um pouco da irreverência de Lia Zatz, autora engajada e mobilizada por temas como as desigualdades sociais, o racismo, a discriminação da mulher.

Sarau Mulheres que leem mulheres 29/9. Sexta, 20h
Como encerramento do projeto, este encontro reunirá as participantes das oficinas de Escrita e Vídeo Poesia, com exibição dos vídeos produzidos e leituras declamadas. O microfone estará aberto também à participação do público. A convidada Dalila Teles apresenta a coleção literária “Perversas”, na qual reúne trabalhos de 12 escritoras do Grande ABC.

Serviço – Projeto Literário Mulheres que Leem Mulheres, no Sesc São Caetano (Rua Piauí -554 Santa Paula – São Caetano do Sul), de segunda a sexta, das 9h às 21h30, sábados e feriados, das 9h às 17:30. Recomendação etária: Livre. Ingressos: Grátis. Telefone para informações: (11) 4223-8800

Total 2 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Sesc São Caetano realiza projeto literário Mulheres que Leem Mulheres"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *