Sesc Av.Paulista recebe espetáculo baseado em tragédia com Circo Vostok

24 0

Um misto de circo, teatro e música, “Leões, Vodka e um Sapato 23” traça um paralelo com questões sociais em narrativa tragicômica

Da Redação – Em três únicas apresentações, o Sesc Avenida Paulista recebe o espetáculo “Leões, Vodka e um Sapato 23”, nos dias 8, 9 e 10 de novembro, sexta e sábado às 21h e domingo às 18h. O espetáculo trabalha diversas linguagens, desde o circo e a bufonaria, até a música e o teatro.

Em cena, os atores da Cia. de 2 trazem referências a uma tragédia que aconteceu em 2000 com o Circo Vostok, e fazem uma analogia com as mazelas humanas. Na época uma criança foi morta por leões do circo que acabaram executados pela polícia; os animais, segundo fontes, passavam fome.

O espetáculo foi apresentado somente no Festival Circos deste ano e agora ganha novas apresentações. Os ingressos custam de R$9 a R$30 e podem ser adquiridos no portal online ou nas bilheterias de toda a rede Sesc.

SINOPSE

Um show musical, um resto de banda, um resto de circo, um pedaço de lona e uma sobra de vodka em meio a murmúrios russos e rugidos felinos. Uma autopsia atemporal de quatro leões bufos que nos convocam ao testemunho de sua própria morte, de sua miséria e dos dias de fome na jaula de um circo.

A TRAGÉDIA

O circo foi instalado no estacionamento de um Shopping, na Grande Recife. Em dado momento, após algumas apresentações circenses, foi anunciado um intervalo de vinte minutos. O locutor convidou as crianças a tirar fotos com os animais. Esse intervalo foi necessário para montagens das jaulas no picadeiro. O espetáculo com os leões seria a próxima atração do circo.

Depois das fotos, o leão coloca a pata para fora da jaula e arrasta o menino para dentro do túnel que liga as jaulas ao picadeiro e o mata. Às 21h, a Polícia Militar matou a tiros dois leões. Uma hora e dez minutos depois, outros dois animais foram mortos. Os restos mortais do menino só foram removidos do abrigo dos animais às 23h45.

Os quatro leões que atacaram e mataram o menino foram necropsiados na Universidade Federal Rural de Pernambuco. Segundo o técnico da universidade, não havia nada no estômago dos animais.

LEÕES, VODKA E UM SAPATO 23 – “Leões, Vodka e um Sapato 23” é espetáculo que tem como ponto de partida para sua dramaturgia a tragédia do Circo Vostok, que ocorreu em 9 de abril de 2000. Este cenário se tornou a premissa de base que moveu estes quatro artistas a revisitar o fato, ampliando-o e refletindo-o para nossa própria miserabilidade humana.

Revisitar nos dias de hoje este fato que envolve o Circo Vostok por meio da óptica improvável de quatro leões mortos é romper as jaulas dos nossos próprios não-ditos e fracassos enquanto uma sociedade sufocada por suas contradições e atrocidades.

A partir da orientação e aprofundamento do estudo da bufonaria amplia-se o repertório de gesto e possibilidades cênicas mais físicas e narrativas dos atuadores. A comédia física dos bufos quando tratados como não-humanos, fantásticos, grotescos e até míticos nos abre para diferenciadas possibilidades estéticas, musicais e de lógica de jogo. A linguagem dos bufos, satíricos, perversos por vezes, proféticos por outras, bobos, acrobáticos e mimodinâmicos proporciona à obra uma tessitura dramatúrgica tragicômica e uma narrativa nada linear. É como se estas criaturas não-humanas descessem ao picadeiro no dia seguinte de 09 de abril e nos provocassem a compreender cada tiro dado e como suas memórias esfaceladas desde suas rotinas no picadeiro ainda nos fornecem certa coerência.

Aqui não somente refletimos os atos ilícitos, controversos e excusos do fato do dia 09 de abril, mas nos provocamos a uma jaula de verdades pelo ponto de vista dos que tem fome, ainda que leões mortos.

Assuntos como a exploração do trabalho, a fome e a liberdade, são temas pertinentes à sociedade atual por seus destratos e descompassos na sua relação com o mundo.

A COMPANHIA

A Cia. de 2 marca seu início em 2006, é um grupo de atores que realiza uma pesquisa voltado ao universo cômico. Assim, desenvolve seu trabalho a partir de três pilares: o existencialismo, verdade cênica e o estado visceral do ator. Com 13 anos de estrada, a companhia percorreu por vários Festivais pelo Brasil, e ganhou diversos prêmios. Durante sua trajetória sempre convidou diferentes diretores para as montagens, conta com três espetáculos Pé na Curva, direção de Jonas di Paula, O Arquiteto e o Imperador da Assiria, direção de Leo Antunes e A nau dos desterrados, direção de Marcio Douglas todos criados de forma independente.

Serviço – LEÕES, VODKA E UM SAPATO 23, com a Cia. De 2, nos dias 8, 9 e 10 de novembro, às 21h (sexta e sábado) e às 18h (domingo), na Praça (térreo). Quanto: R$ 30,00 (inteira); R$ 15,00 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência); R$ 9,00 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes). SESC AVENIDA PAULISTA (Avenida Paulista, 119, São Paulo – Fone: (11) 3170-0800)

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Sesc Av.Paulista recebe espetáculo baseado em tragédia com Circo Vostok"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *