Serviço de Atenção Domiciliar de SCS tem atuação reconhecida

719 0

Da Redação – Na quarta-feira (16/9), representantes do Serviço de Atenção Domiciliar (SAD) da Secretaria de Saúde da Prefeitura de São Caetano do Sul, a convite do Ministério da Saúde, por meio da Coordenação Geral de Atenção Domiciliar, apresentaram em Brasília, no Seminário sobre a Atenção Domiciliar Neonatal e Pediátrica no Brasil, a experiência exitosa de desospitalização precoce de crianças, com extensão do atendimento de alta complexidade para o âmbito domiciliar.

Acompanhado de outros quatro municípios (Campinas, Angra dos Reis, Jardinópolis e Uberlândia), São Caetano foi selecionado devido ao destaque de seus indicadores no que diz respeito a tempo e frequência de internações de crianças com diagnósticos de alta complexidade. “O serviço de desospitalização tem se revelado eficiente graças a um trabalho integrado entre a equipe hospitalar e os profissionais do SAD. Na véspera da alta, o SAD é sinalizado e uma equipe multidisciplinar (médico, enfermeiro, assistente social e fisioterapeuta) visita o paciente e discute os detalhes técnicos com a equipe hospitalar, bem como treina o cuidador/familiar para as necessidades diárias. Além disso, a assistente social afere as condições de moradia considerando as necessidades pós-alta. Dessa forma, a alta ocorre sem intercorrências, pois a família se sente segura e cria vínculo com a equipe do SAD, que passa a assumir o cuidado,” afirmou a enfermeira Gabriela Tonon de Oliveira, coordenadora do SAD, que fez a apresentação em Brasília.

Para o diretor da Atenção Básica sulsancaetanense, Luciano Franco Xavier, o trabalho do SAD não só melhora os indicadores quanto ao tempo e recorrência de internações, como favorece a construção de vínculo com a família. “A partir do momento em que os pacientes e familiares passam a confiar na assistência prestada, as condutas técnicas têm melhor aceitação e a busca por um atendimento de urgência e emergência diminui, pois os cuidadores sentem-se mais seguros com esse respaldo”, observou.

Em São Caetano, o SAD atende os pacientes de alta complexidade em âmbito domiciliar, trabalhando em parceria com o Programa Saúde da Família (PSF), cuja bandeira é a promoção de saúde e prevenção de doenças. A equipe que representou o município neste evento contou ainda com a pediatra do serviço Yuri Koide e com a enfermeira Giane Nascimento Ferraresi.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Serviço de Atenção Domiciliar de SCS tem atuação reconhecida"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *