Seleções de Ginástica Rítmica Individual e de Conjunto competem na Copa do Mundo de Kazan

41 0

Da Redação – As Seleções de Ginástica Rítmica de Conjunto e Individual estão muito próximas do Mundial da modalidade, a partir do dia 30 deste mês. Enquanto o momento do principal campeonato do ano não chega, as atletas aproveitam para testar as séries em outra competição de alto nível, a Copa do Mundo de Kazan, na Rússia, com início nesta sexta-feira (11).

A Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica de conjunto é formada por Alanis Ávila, Francyelly Pereira, Gabrielle Silva, Heloísa Bornal, Jéssica Maier, Marine Vieira, Thainá Santos e Thaís Santos, acompanhadas pela treinadora Camila Ferezin e a assistente técnica Bruna Rosa. Já no individual, o Brasil contará com Natália Gaudio e Karine Walter, assistidas pelas técnicas Mônika Queiroz e Gracieli Morais.

Natália, que foi a representante olímpica do Brasil em 2016, participa da primeira competição após a lesão que a afastou das quadras na Copa do Mundo de Sofia, na Bulgária. Já Karine estreia na temporada. Será também um grande desafio para testar as novas composições, mas as perspectivas são de um bom desempenho para as brasileiras, que competem também o Mundial de Pesaro, assim como o conjunto.

“Estamos realizando a primeira viagem com esse grupo recém-formado. As expectativas são boas, porque estamos com um grupo bom, meninas talentosas, mas que precisam mesmo é de tempo para se prepararem melhor. Sabemos que esse primeiro ano do ciclo é mais para adaptação. Estamos viajando com oito ginastas, sendo seis titulares e duas reservas, para eventuais substituições, pois participaremos de uma viagem longa, com treinos e competições”, disse a técnica do conjunto Camila Ferezin.

A programação tem início na sexta-feira com as classificatórias individuais de arco e bola. Mais tarde, os conjuntos entram em cena para as qualificatórias de cinco arcos. No sábado (12), às qualificatórias serão de maças e fita para o individual, e de três bolas e duas cordas para o conjunto. O domingo (13) está reservado para as finais.

O conjunto tem uma grande expectativa com as novas apresentações criadas para este inicio de ciclo. “Temos novas coreografias. Para a série com os cinco arcos, usaremos a clássica música ‘Gimme! Gimme! Gimme! ’, da banda sueca ABBA. É uma música muito dançante, vibrante e vai exigir que as ginastas entrem nesse espírito festivo, que embalou a juventude no passado”, explicou Camila.

Na série de cordas e bolas, a seleção usará a música ‘Prelude – Age of Heroes’ de Havasi. “Nesse conjunto, será importante que cada ginasta seja uma guerreira, atuando como heroína da nossa história e interpretando a ideia da coreografia, por meio dos movimentos da composição”, frisou a treinadora.

A competição contará com ginastas da Armênia, Austrália, Áustria, Azerbaijão, Bielorussia, Bulgária, Canadá, Croácia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, Estônia, Finlândia, França, Grã-Bretanha, Coreia do Sul, Geórgia, Grécia, Israel, Itália, Japão, Kazaquistão, Letônia, Líbano, México, Polônia, Portugal, República Tcheca, Romênia, Rússia, Sérvia, Sri Lanka, Suíça e Uzbequistão.

Após a competição em Kazan, as ginastas partem para treinamentos na Bulgária e depois embarcam para a Itália, onde competem no Mundial, de 30 de agosto a 3 de setembro.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Seleções de Ginástica Rítmica Individual e de Conjunto competem na Copa do Mundo de Kazan"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *