Sehal quer que outras cidades do ABC suspendam cobrança de impostos

44 0

Projeto prevê o congelamento da cobrança durante o período de restrição pela pandemia e que obriga os estabelecimentos permanecerem fechados

Da Redação – O Sehal (Sindicato das Empresas de Hospedagem e Alimentação do Grande ABC) quer ampliar a suspensão da cobrança de impostos para o setor de hospedagem e alimentação em todas as cidades da Região, durante a fase restrita do Plano São Paulo, a exemplo de projeto aprovado pela Câmara de Mauá. A matéria, que prevê o congelamento de impostos, ainda depende de sanção do prefeito.

O projeto, de autoria do vereador Sargento Simões (Podemos), tem a justificativa de que a medida é necessária, já que os estabelecimentos devem permanecer fechados, conforme determina decreto do Governo do Estado. “Se o prefeito não sancionar e o projeto voltar pra Câmara, vamos derrubar esse veto”, afirma o vereador.

O objetivo da matéria é congelar a cobrança de impostos como IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), ISS (Imposto sobre Serviços) para comerciantes enquanto durar o período de restrição que obriga os estabelecimentos a ficarem fechados.

“Estamos de total acordo com esse projeto e clamo às demais cidades da Região que adotem o exemplo. O nosso setor precisa de ajuda, passa por uma grave crise. O vereador Sargento Simões está de parabéns pela iniciativa, espero que outros legisladores municipais tenham a mesma iniciativa, coragem e comprometimento com o setor de bares, cafés, restaurantes e buffets.  Mais uma vez eu reafirmo, não somos culpados pelo avanço da pandemia. Só queremos trabalhar, o nosso setor está preparado e respeita todas as regras de saúde e segurança”, explica Beto Moreira, presidente do Sehal.

Sobre o Sehal

Fundado em 12 de julho de 1943, o sindicato é uma entidade sem fins lucrativos e tem como objetivo apoiar os empresários reciclando conhecimento em várias áreas. Representa cerca de oito mil estabelecimentos na Região do Grande ABC. Fornece apoio com profissionais renomados nas áreas jurídicas, sanitária, organizacional, parceria com escolas e faculdades, além de lutar pela simplificação da burocracia nos âmbitos municipal, estadual e federal com redução dos impostos e ainda contribuir para a qualificação dos empresários e trabalhadores.

Oferece ainda cursos gratuitos ou com condições especiais para associados e ministrados por professores altamente qualificados, em salas de aula equipadas com datashow, cozinha completa com utensílios e insumos para as aulas práticas. É também considerado um dos sindicatos patronais mais atuantes do Brasil em razão das diversas conquistas e expansão no número de associados.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Sehal quer que outras cidades do ABC suspendam cobrança de impostos"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *