Sehal faz campanha para o Dia 1º de Maio com a hashtag #queremostrabalhar

288 0

Ação será divulgada e adesivada nos bares, restaurantes e intensificada nas redes sociais

Da Redação – O Sehal (Sindicato das Empresas de Hospedagem e Alimentação do Grande ABC) lançou uma campanha específica em alusão ao 1º Maio, Dia do Trabalho. Com a hashtag #queremostrabalhar foram produzidos adesivos que serão fixados nos bares, restaurantes e similares em todo o Grande ABC, além de divulgação nas redes sociais. E também em veículos, motocicletas de entregadores, profissionais que têm contribuído amplamente com a categoria em função do aumento do delivery.

A ação tem como objetivo mostrar aos governantes e à sociedade em geral que o setor de bares, restaurantes e similares não é culpado pelo avanço da pandemia do novo coronavírus e que os estabelecimentos cumprem todos os protocolos, conforme as regras e normas sanitárias, portanto, sem oferecer risco aos consumidores e colaboradores.

“A escolha do 1º de Maio é proposital porque no Dia do Trabalho, ironicamente, somos impedidos de trabalhar. Precisamos e queremos permanecer abertos, pois a imposição do abre e fecha traz ainda mais prejuízos aos empresários, que estão sendo duramente penalizados com toda essa situação e levando uma culpa que não é dele”, explica Beto Moreira, presidente do Sehal.

O Sehal vem buscando todas as formas de socorro àqueles que conseguiram manter a atividade em funcionamento até então e aos que já não conseguem enxergar uma luz no fim do túnel, prestes a falir.

“Entramos com diversas ações judiciais, apelamos aos poderes públicos, fizemos inúmeras reuniões com representantes municipais, incontáveis videoconferências, fomos às ruas mostrar à população que não somos culpados. Pouco ou quase nada conseguimos, estamos sendo ignorados enquanto cresce a falência dos estabelecimentos, que traz com ela o desemprego e o sustento de muitas famílias, além do impacto no desenvolvimento local, já que de portas fechadas, o comércio não traz arrecadação para o município porque não gera imposto. Tantas fases impostas pelo Plano São Paulo, mas nenhuma assertiva porque a pandemia continua, pois o que adianta fechar bares e restaurantes enquanto o transporte público e supermercados estão lotados”, finaliza Beto.

 Sobre o Sehal

Fundado em 12 de julho de 1943, o sindicato é uma entidade sem fins lucrativos e tem como objetivo apoiar os empresários reciclando conhecimento em várias áreas. Representa cerca de oito mil estabelecimentos na Região do Grande ABC. Fornece apoio com profissionais renomados nas áreas jurídicas, sanitária, organizacional, parceria com escolas e faculdades, além de lutar pela simplificação da burocracia nos âmbitos municipal, estadual e federal com redução dos impostos e ainda contribuir para a qualificação dos empresários e trabalhadores.

Oferece ainda cursos gratuitos ou com condições especiais para associados e ministrados por professores altamente qualificados, em salas de aula equipadas com datashow, cozinha completa com utensílios e insumos para as aulas práticas. É também considerado um dos sindicatos patronais mais atuantes do Brasil em razão das diversas conquistas e expansão no número de associados.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Sehal faz campanha para o Dia 1º de Maio com a hashtag #queremostrabalhar"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *