Secretário de Estado projeta Fábrica de Cultura como ‘referência’

551 0

Prefeito Orlando Morando recebeu o Secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado; espaço deverá receber o programa até o fim de 2019

Texto: Kati Dias – Crédito-Foto: Gabriel Inamine (PMSBC)

Da Redação – A gestão do prefeito Orlando Morando deu mais um passo importante para dar a finalidade adequada ao prédio que abrigava o Museu do Trabalho. Nesta quinta (7), o chefe do Executivo vistoriou a obra acompanhado de Sérgio Sá Leitão, secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado, juntamente com a deputada estadual eleita, Carla Morando.

Durante a visita, o prefeito informou que nesta sexta-feira (8) terá uma nova audiência com o Ministério Público Federal (MPF) para tratar do caso. Assim que o MPF autorizar, a Prefeitura de São Bernardo, por meio de sua Secretaria de Obras e Planejamento Estratégico, lançará uma nova licitação para concluir a obra com base no projeto original. Como o convênio com o Ministério da Cultura foi finalizado em 2018, a Prefeitura irá investir R$ 4 milhões na finalização do prédio.  Tendo o aval da Justiça, o objetivo é entregar a Fábrica de Cultura no final de 2019.

“Nada melhor do que o secretário conhecer a estrutura fisicamente. Em respeito à população de São Bernardo, precisamos dar uma finalidade adequada a esta obra, que, infelizmente, está manchada com a marca da corrupção. Buscamos, desta forma, respeito ao dinheiro público e valorizando a Cultura”, afirmou o prefeito Orlando Morando.

O secretário Sérgio Sá Leitão gostou muito do que viu. “O prédio é realmente singular e tem tudo para ser um marco arquitetônico e cultural em São Bernardo. Infelizmente ele ainda é hoje o símbolo da má gestão e do desvio de recursos públicos. Estado e Prefeitura unidos pretendem dar uma nova destinação a este prédio: transformá-lo em um centro de excelência em capacitação para a Economia Criativa. As atividades atingirão todas as idades, especialmente, os jovens criando uma perspectiva de futuro”, disse o titular da Pasta de Cultura e Economia Criativa.

REFERÊNCIA NO ESTADO

Para o secretário de Estado, a Fábrica de Cultura de São Bernardo tem tudo para se tornar referência em âmbito estadual.  “Estamos pensando em ter uma Fábrica de Cultura 2.0, um modelo para as demais. Trata-se de uma evolução em relação aos demais equipamentos, incorporando outras dimensões associado ao perfil do programa”, complementou.

ESCÂNDALOS

Alvo da Operação Hefesta, deflagrada pela Polícia Federal (PF), Ministério Público (MPF) e Controladoria-Geral da União (CGU), em 2016, o projeto de construção do Museu do Trabalho foi iniciado em São Bernardo em 2012, com a promessa de conclusão em janeiro de 2013. Ao longo deste período, a obra milionária foi abandonada. Além disso, a Construções e Incorporações CEI, vencedora da licitação, envolveu-se em série de escândalos, como manter um eletricista desempregado em seu quadro societário.

AGRADECIMENTO

O prefeito Orlando Morando aproveitou para agradecer a atenção do governador João Doria a São Bernardo. Desde que assumiu o Governo do Estado de São Paulo, Doria fez sua primeira visita oficial no cargo na cidade ao inaugurar o Bom Prato Dia e Noite, em 15/01, e ainda anunciar o primeiro Centro de Operações Integradas de Combate ao Crime (COICC) de São Paulo, que abrangerá as operações do Batalhão Especial da Polícia Militar (Baep), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), da Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, além da Guarda Civil Municipal (GCM) e Defesa Civil.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Secretário de Estado projeta Fábrica de Cultura como ‘referência’"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *