Secretaria de Assistência e Inclusão traz resultados de 2018 em audiência pública

226 0

Da Redação – O ano de 2018 ficou marcado positivamente em São Caetano do Sul por conta da retomada dos programas sociais oferecidos pela Prefeitura à população. Em audiência pública realizada na Câmara Municipal, nesta quarta-feira (17/4), a Seais (Secretaria de Assistência e Inclusão Social) apresentou os números das iniciativas realizadas ao longo do último ano e destacou os projetos que deverão ser implantados na cidade nos próximos meses.

De forma detalhada, o secretário da Seais, Daniel Córdoba, descreveu as áreas de atuação da Pasta, abordando as ações de proteção social básica, de média e de alta complexidade, com números que apontam o retrato da assistência no município.

“Desempenhamos um papel preventivo no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), que preconiza um estreitamento na atenção e na relação com a população, acompanhando integralmente as famílias”, pontuou. “Por entender essa necessidade, já estamos em fase de estudos para a implantação de mais um CRAS na cidade, bem como a criação de uma unidade móvel para atender as demandas de forma itinerante”, antecipou.

Em 2018, segundo Córdoba, 13.793 famílias foram acompanhadas pelo PAIF (Serviço de Proteção e Atenção Integral à Família), nas duas unidades do CRAS (Bairro da Fundação e Nova Gerty).

Outros setores que foram mencionados na apresentação foram o Creas (Centro de Referência Especializado em Assistência Social), que registrou mais de 4.300 atendimentos no PAEFI (Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos), o Lar Escola, que abrigou 11 pessoas no período, e o Programa Auxílio-Alimentação, que atendeu 6.300 famílias. No item subvenção social, o secretário exibiu valores repassados às entidades assistenciais no município, que somaram R$ 1.493.800,00.

Os programas sociais Agente Cidadão Sênior, Mais Oportunidade e Agente Jovem também foram pauta da audiência. Com a retomada desses projetos, cerca de 800 munícipes foram contemplados com oportunidade de trabalho em 2018.

Como próximos desafios, Daniel Córdoba listou a ampliação da vigilância socioassistencial, capacitação profissional dos servidores da Pasta, adequação do quadro de RH conforme a NOB-SUAS (Norma Operacional Básica da Assistência Social), formação de cuidadores, ampliação de oficinas, apadrinhamento afetivo e família acolhedora para crianças em situação de abandono, entre outros, e destacou a volta do Programa Leite é Vida, que já está com inscrições abertas.

“Continuaremos avançando em novas políticas e ações integradas para solucionar os problemas de alta complexidade”, acrescentou Daniel. “Com o aperfeiçoamento dos protocolos e a realização de trabalhos intersetoriais, agregando outras secretarias na execução dos projetos, chegaremos a índices ainda melhores e continuaremos garantindo os direitos de todos os cidadãos”, finalizou.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Secretaria de Assistência e Inclusão traz resultados de 2018 em audiência pública"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *