Scheidt luta pelo título Sul-Americano da classe Star neste domingo

37 0

Da Redação – Robert Scheidt entra no último dia de disputas do Campeonato Sul-Americano da Classe Star, neste domingo (11), no Iate Clube do Rio de Janeiro, lutando pelo título. Ao lado do proeiro Arthur Lopes, o bicampeão olímpico cruzou a linha de chegada em terceiro lugar na regata deste sábado (10), para fechar o dia na quarta colocação na classificação geral, com 20 pontos perdidos.

A liderança é da dupla John King/Fernando Ilha, com 16. “Tivemos a segunda regata do dia anulada em função de um problema com um navio que entrou na raia próximo da linha de chegada. Assim, devemos ter duas provas neste domingo. O campeonato está bem aberto e vamos tentar velejar melhor para buscar o pódio”, afirmou o maior medalhista olímpico do Brasil, com cinco pódios, e que tem patrocínio do Banco do Brasil e Rolex e apoio do COB e CBVela.

O tempo não tem ajudado os velejadores no Rio de Janeiro. No primeiro dia, na quinta-feira (8), as regatas foram canceladas por falta de vento. Na sexta, apesar de as condições meteorológicas continuarem difíceis, foram três provas. Scheidt e Lopes foram melhorando o desempenho ao longo do dia. Começaram com um nono lugar, subiram para sétimo na prova seguinte e terminaram cruzando a linha de chegada na liderança na última regata. Neste sábado, mantiveram a regularidade com um terceiro lugar.

As águas cariocas trazem boas lembranças para Scheidt. Há um ano, ele ganhava a Taça Royal Thames, competição disputada no Iate Clube do Rio de Janeiro. Na época, seu proeiro era Henry Boenning, o Maguila. Desta vez, vai correr o campeonato com Arthur Lopes, com quem já comemorou um título em 2018. A dupla foi campeã paulista da Classe Star, no Yacht Club Santo Amaro, em São Paulo, em abril.

Focado nas Bahamas – Scheidt compete no Rio de Janeiro concentrado em elevar seu nível de velejada visando a disputa da SSL Finals, em dezembro, nas Bahamas. Para essa competição, volta a formar dupla como Henry Boenning, com quem conquistou o vice-campeonato em 2017. “O Maguila vai competir com o Dino Pascolato no Sul-Americano. Voltaremos a velejar juntos na final da Star Sailors League e, por isso, aproveitaremos para fazer alguns treinos antes da regatas começarem”, conta Robert, que chegou ao Brasil no sábado (3).

Carreira vitoriosa – Robert Scheidt tem duas medalhas de ouro olímpicas (Atlanta/96 e Atenas/2004 e uma prata (Sidney/2000) na classe Laser, mais uma prata e um bronze na Star (Pequim/2008 e Londres/2012). Ao todo, são 11 títulos mundiais na Laser e três na Star. Na Rio/2016, terminou na quarta colocação. Scheidt tem patrocínio do Banco do Brasil e Rolex e apoio do COB e CBVela.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Scheidt luta pelo título Sul-Americano da classe Star neste domingo"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *