SBC aprova Lei que concede terreno para a instalação do primeiro Sesc

399 0

Matéria foi proposta pelo Executivo após comunicação oficial do Conselho Regional do Sesc-SP

Texto: Kati Dias – Crédito-Fotos: Ricardo Cassin (PMSBC)

Da Redação – Um importante passo foi dado na manhã da última quinta-feira (2) para efetivar a instalação da primeira unidade do Sesc em São Bernardo: a Câmara Municipal de São Bernardo aprovou (por 20 votos favoráveis) o projeto de Lei que autoriza a concessão de um terreno de 21.600 m³, na Avenida Lucas Nogueira Garcês, no Jardim do Mar, onde também está localizado o icônico Estúdio e Pavilhão Vera Cruz.

A Lei autoriza a concessão de direito real de uso do terreno municipal pelas próximas nove décadas. Quando a construção do novo Sesc for finalizada, a Lei prevê a possibilidade de doação do imóvel em definitivo. O Conselho Regional do Sesc-SP estima iniciar as tratativas para a construção do novo complexo em 2020, devendo ficar concluído até 2023. O valor estimado de investimento na construção é de R$ 150 milhões.

“Esta gestão tem buscado dar destinação aos imóveis municipais sem uso. Meu sonho era concluir as construções inacabadas e dar a finalidade que o Vera Cruz, que pela sua relevância na história da cidade, merece. Com a aprovação desta Lei pela Câmara Municipal, demos um novo passo para transformar este local em um novo Sesc, um grande complexo de lazer, cultural, esporte e entretenimento para a nossa população”, afirmou o prefeito Orlando Morando.

NOVO SESC – O espaço será abrigado em uma área prevista de 19.328,16 m², com piscina coberta e descoberta, área técnica, odontologia, ginástica multifuncional, salas multiuso, tecnologia e artes, apoio para pais e bebês, sanitários, apoio operacional, ginásio poliesportivo, administração, área para exposições, foyer e conveniência, praça de alimentação, galpão multiuso, e um novo teatro, com mais de 800 lugares, que deve ser um dos maiores da cidade.

A planta apresentada pelo Sesc-SP respeita o projeto assinado pela arquiteta Lina Bo Bardi, em meados da década de 1990, e que ficaram inacabadas. Entre os projetos desenvolvidos por Lina está o do MASP (Museu de Arte de São Paulo), cujo prédio completou 50 anos em 2018. A inspiração dela para desenvolver o antigo Centro de Convivência Vera Cruz, na década de 1990, foi o Sesc Pompeia, também planejado por ela.

VOCAÇÃO E NEGÓCIOS – Tombados pelo Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural de São Bernardo (COMPAHC), os Pavilhões continuarão sob a administração da Prefeitura. Esses espaços vêm sendo grande palco para grandes gravações desde a retomada do Estúdio Vera Cruz, pela Prefeitura e parceria com a Endemol.

Desde 2017, apresentadores como Luciano Huck e Gugu Liberato, passaram por lá, além de outros grandes nomes, como Gisele Bündchen, o astro do futebol Neymar e o cantor baiano Carlinhos Brown, que mostrou grande interesse no local e apreço por sua história de sucesso, que marcou o cinema brasileiro.

Recentemente, a apresentadora Xuxa Meneguel esteve no comando do programa “The Four Brasil”, transmitido pela Record TV e produzido pela Endemol, acompanhada do corpo de jurados formado pelos artistas Aline Wirley, João Marcello Bôscolli e Leo Chaves.

Quando não utilizado para o entretenimento, o local abre espaço para exposições e feiras de negócio. Alguns dos principais eventos de economia foram realizados neste período, como a Feira de Noivas e de Malhas.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "SBC aprova Lei que concede terreno para a instalação do primeiro Sesc"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *