Saúde Prioridade zera filas de espera por consultas e exames em São Bernardo

38 0

Da Redação – A Prefeitura de São Bernardo confirmou o fim das filas de espera por consultas e exames no município. Em menos de 120 dias, todas as 70 mil pessoas, que aguardavam há anos, foram atendidas ou estão com os procedimentos previamente marcados.

O prefeito Orlando Morando, o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple, e a coordenadora do programa, Dra. Amanda Tavares, estiveram no Hospital Anchieta – Rua Silva Jardim, 470, Centro, e anunciaram o sucesso do projeto. O programa “Saúde Prioridade” foi lançado no mês de março e tinha como meta zerar toda a demanda herdada pela gestão anterior.

“São Bernardo tinha uma fila de espera de quase 50 mil consultas e 21 mil exames. Todas essas pessoas estavam aguardando para receber atendimento médico. E isso é um absurdo. Conseguimos zerar a demanda reprimida e solucionar esta questão. Na minha gestão, ninguém mais vai esperar para ser atendido. Iremos apresentar o balanço para o poder judiciário e comprovar, com números, que cumprimos a meta. A Saúde é a principal prioridade e continuará a ser”, ressaltou o prefeito.

Com o propósito de garantir a eficácia do projeto, foram firmadas parcerias com a Santa Casa de Misericórdia de São Bernardo, com a Associação Paulista de Medicina e com as Clínicas DunaCor e FluxoSS. As instituições ofereceram atendimento médico gratuito a todos os munícipes de São Bernardo.

Para o Dr. Geraldo Reple, anunciar o fim do projeto com números positivos, significa que a qualidade da saúde municipal está dando um salto. “Esse foi um trabalho em conjunto. Todos os envolvidos se empenharam para atender toda a demanda no prazo estipulado e, acima de tudo, mostraram que a Saúde é levada a sério no município. Além disso, não estamos permitindo que novas filas de espera sejam formadas na cidade”, apontou o secretário.

Em 31 de dezembro, a rede municipal de Saúde tinha 49.575 consultas em espera. Entre as maiores demandas, endocrinologia adulta (1.788), oftalmologia adulta (8.068) e reumatologia (2.083). Todas as consultas foram devidamente agendadas na própria rede do município, sem qualquer custo excedido. As agendas dos médicos foram reorganizadas, o que agilizou os atendimentos.

Já os exames acumulados somavam 21.051. Em três meses de funcionamento, foram realizados 2.551 eco cardiogramas transtoráxicos, 2.907 ultrassonografias, 1.223 tomografias, entre outros, com total absorção de demanda. Os exames solicitados ao longo do programa, no entanto, estão sendo agendados conforme a priorização clínica.

Além da readequação das agendas médicas, a Secretaria de Saúde promoveu outras ações durante os finais de semana, com diversas especialidades médicas. Na cirurgia vascular, o número de pessoas atendidas foi de 2.000, em um único dia, no ambulatório do Hospital Anchieta.

Na especialidade Saúde Bucal, cerca 2.800 pacientes foram avaliados e tratados, em uma ação que aconteceu durante dois sábados (08/04 e 27/05). E os 2.600 pacientes, que aguardavam por atendimento com oftalmologia, ortopedia, pediatria, pequenas cirurgias, cardiologia, endocrinologia e neurologia, foram atendidos nas Policlínicas Centro e Alvarenga, também aos sábados (03/06 e 10/06). Por fim, a última ação atendeu 4.000 crianças e adolescentes, que necessitavam de atendimento oftalmológico, na Policlínica Centro, nos dias 24 e 25/06 e 01 e 02/07. Para os pacientes diagnosticados com distúrbios, a Prefeitura disponibilizou óculos de grau.

O chefe do Executivo ainda explicou que grande parte dos atendimentos, foram realizados nessas ações, promovidas durante os fins de semana. O prefeito afirmou que vai continuar mantendo esses atendimentos, mesmo após o término do projeto. “ Essa força tarefa, foi essencial para o sucesso do Saúde Prioridade, iremos continuar oferecendo essas ações e assumindo o desafio de ter mais nenhum paciente aguardando mais do que 90 dias para ser atendido”, explicou o Chefe do Executivo.

Novo Projeto – Na ocasião, Orlando Morando aproveitou a oportunidade para anunciar um novo projeto da Secretaria de Saúde. O programa “Saúde Prioridade Cirurgia” será lançado agora no segundo semestre de 2017, com o objetivo zerar a fila de cirúrgica do município.

“A nossa gestão é voltada para o atendimento humano, iremos lançar esse novo projeto e zerar toda a demanda deixada pela antiga gestão. Juntaremos todos os pacientes com prescrição cirúrgica e encaminharemos para o procedimento. A saúde é um desafio diário, que estamos vencendo todos os dias. Mas hoje é dia de comemorar, após 4 anos finalmente podemos dizer que São Bernardo não tem mais fila de espera para atendimento médico”, finalizou Morando.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Saúde Prioridade zera filas de espera por consultas e exames em São Bernardo"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *