São Paulo lança acordo para a redução de emissão de GEEs

636 0

Empresas aderentes serão reconhecidas pelo Governo do Estado como membros de comunidade de líderes em mudanças climáticas

Da Redação – Com proposta de reunir empresas que voluntariamente assumam ações em prol do meio ambiente, o Governo de São Paulo promove, por meio da CETESB – COMPANHIA AMBIENTAL DO ESTADO DE SÃO PAULO – nesta sexta-feira, 29, às 14h, no Palácio dos Bandeirantes (Sala Anchieta), o Pré-COP25.

Trata-se do evento de lançamento do Acordo Ambiental de São Paulo. As empresas que participarem do acordo estarão assumindo um compromisso de redução de emissão de gases de efeito estufa (GEEs), com o objetivo de conter o aquecimento global. Tal ação vai ao encontro do cumprimento do Acordo de Paris.

Mais de 50 empresas já se inscreveram para participar do Pré-COP25. Portanto, aderir ao Acordo Ambiental de São Paulo é um passaporte para as exportações.

O evento também é um preparatório para a chamada COP 25, Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2019, que acontecerá em dezembro em Madri, na Espanha.

Os aderentes ao acordo, segundo define o próprio Termo de Uso firmado entre os representantes empresariais e a Agência Ambiental Paulista, serão reconhecidos pelo Governo do Estado como membros de uma comunidade de líderes em mudanças climáticas, com oportunidades para a troca de informações entre as partes e divulgação das metas com apoio técnico governamental. A adesão voluntária será renovada automaticamente até 2030, prevendo estimativas de redução de emissão, sequestro de carbono e emissões evitadas de gases de efeito estufa nos próximos 20 anos.

O Acordo Ambiental de São Paulo já foi assinado por diversas instituições representativas, que levarão ao evento relatos de projetos de sucesso de vários de seus associados.

Recentemente, já foram adotadas estratégias para remoção de CO² e redução de emissão de outros gases, que terão impacto até 2030. O Pré-COP25 incentivará a implantação de novas tecnologias nas empresas e adoção de soluções sustentáveis inovadoras, tornando as participantes mais eficientes na questão das mudanças climáticas.

A CETESB é referência no Brasil no controle da qualidade ambiental e controle de poluição. Atualmente é o principal órgão do país em expertise na área ambiental e também uma referência internacional.

O evento terá em seu início uma recepção de boas-vindas aos convidados e aos representantes das empresas aderentes ao Pré-Cop 25 e um pronunciamento com informações fundamentais da Diretora-Presidente da CETESB – COMPANHIA AMBIENTAL DO ESTADO DE SÃO PAULO – sobre o lançamento, que também vai falar sobre a criação da Câmara Ambiental para Ações Voluntárias de Redução de Gás de Efeito Estufa – GEE e a apresentação do estudo “Cenário de Baixo Carbono para o Estado de São Paulo”, feito em conjunto com o BID, BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO.

Na sequência está prevista a chegada do Governador João Doria para a abertura oficial do evento. A solenidade contará também com as presenças do Secretário de Estado de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido; do Secretário de Estado de Relações Internacionais, Júlio Serson, da Secretária de Estado de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen da Silva, Gustavo Junqueira, Secretário de Estado da Agricultura e Abastecimento, além de outras autoridades ligadas ao setor e representantes das empresas participantes, que apresentarão suas propostas e cases de sucesso em painéis desenvolvidos e estrategicamente pensados para abordar e apresentar assuntos tão importantes.

Primeiro Painel do evento – Sustentabilidade do setor sucroenergético

A UNIÃO DA INDÚSTRIA DE CANA-DE-AÇÚCAR vai levar ao evento relatos de projetos de sucesso de alguns de seus associados. O painel terá abertura do presidente da UNICA, Evandro Gussi, que trará um panorama sobre as reduções de emissões de gases causadores do efeito estufa proporcionadas pelo setor, tanto por meio do etanol, combustível renovável, quanto pela geração de energia elétrica limpa a partir da biomassa de cana. Também será abordado o tema da Política Nacional de Biocombustíveis – RENOVABIO, que entra em vigor em janeiro de 2020, como resposta ao Acordo de Paris (COP21).

Para exemplificar essas ações, haverá a explanação de três cases de usinas: Raízen, Grupo Cocal e Grupo São Martinho.

A Raízen, representada por seu presidente, Luis Henrique Guimarães, apresentará ações de transição energética, abordando projetos de biogás, geração distribuída de energia solar e etanol de segunda geração, extraído a partir do bagaço e da palha da cana.

O Grupo Cocal será representado por Paulo Zanetti, CEO, e trará relato sobre a produção de biometano a partir de resíduos. O biometano tem a mesma aplicação do gás natural, com a vantagem de ser renovável e não poluente.

Por fim, a São Martinho, representada por Marcelo Ometto, presidente do conselho deliberativo do Grupo, vai abordar a iniciativa de cogeração de energia elétrica através de combustível derivado de resíduos e outras práticas sustentáveis.

Logo depois, o evento segue com mais dinâmicas e informações relevantes aos temas principais.

Serviço – Evento Pré-COP25, na sexta-feira (29), às 14h, no Palácio dos Bandeirantes (sala Anchieta), à Avenida Morumbi, 4.500 (entrada pelo portão 2)

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "São Paulo lança acordo para a redução de emissão de GEEs"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *