SBC terá auxílio da iniciativa privada na reforma da Praça Lauro Gomes

548 1

Da Redação – A Prefeitura de São Bernardo recebeu o apoio formal da Vidrotil, empresa do setor de revestimento em vidro, para o projeto de revitalização da Praça Lauro Gomes, no Centro. Tradicional no município – está situada na Vila Gonçalves há 67 anos –, a empresa se colocou à disposição da administração para participar do projeto de recuperação da Fonte Princesa Isabel, que se encontra desativada.

O acordo de apoio foi feito no gabinete do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, com o diretor da Vidrotil, Márcio Milan Júnior, e pelo vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Marcelo Lima.

“Fiquei muito feliz com este apoio. Toda vez que a sociedade percebe que existe um desejo comum em deixar a cidade mais bonita ocorrem manifestos. O Márcio é um amigo de muitos anos. Eu já havia visitado a sua empresa. Como a Fonte é um patrimônio tombado, a restauração precisa ser em métodos específicos, acompanhados pelo Compahc (Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural), órgão responsável pela autorização de obras na área”, destacou Morando.

A Vidrotil foi fundada em 1947 e trabalha com alta qualidade e versatilidade de materiais, sendo uma das únicas do segmento. “Estamos dispostos a ajudar, principalmente porque a iniciativa é para recuperar um lugar importante da cidade”, observou o proprietário da empresa.

A retomada da Praça Lauro Gomes teve início na semana passada, com a limpeza do busto de Wallace Cockrane Simonsen, o primeiro prefeito de São Bernardo e um dos líderes do processo de emancipação da cidade, em 1945. Uma série de outros serviços, como limpeza, manutenção e pintura também foram executados no local. No fim de semana, a Praça foi palco de atrações culturais, com artistas locais, e registrou um público de mais de 11 mil pessoas.

Total 2 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

1 comentário on "SBC terá auxílio da iniciativa privada na reforma da Praça Lauro Gomes"

  1. Regina Ribeiro

    Num primeiro momento, a iniciativa de ambos os lados me parece louvável. Contudo, é necessário que se acompanhe com “Olhos de Lince”.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *