São Bernardo tem Semana de Mobilização contra a Dengue

897 0

Da Redação – A Secretaria de Saúde de São Bernardo realiza, a partir desta segunda-feira (23), a Semana de Mobilização Contra a Dengue. Estão programadas, até o dia 28 (sábado), ações em todas as regiões do município, como mutirões, panfletagem, caminhadas, palestras, saraus, entrega de material educativo e apresentações teatrais informativas sobre o tema.

Novembro é tradicionalmente o mês onde são promovidas em todo o país atividades de conscientização sobre o combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e da febre chikungunya, antecipando as chuvas de verão. As demais cidades da região do ABC também colocam em prática, ao longo desta semana, iniciativas que estimulam a prevenção, e realizam mutirões conjuntos para eliminar criadouros em áreas de divisa. Nos dias 23 e 24, São Bernardo e Santo André unem esforços em ação na área da Chácara Baronesa. Entre os dias 25 e 27, a parceria é com as equipes de Diadema, nos bairros Pauliceia e Taboão.

Outras mobilizações estão programadas pela Secretaria da Saúde para que seja eliminado o maior número possível de focos do mosquito antes da chegada do verão, período mais intenso de chuvas. Dia 25, a ação terá como palco a feira noturna do Ginásio Poliesportivo, na Avenida Kennedy.  Dia 26, a partir das 10h, equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) estarão na Praça da Matriz realizando panfletagem com a tenda de bichos e a distribuição de squeezes (garrafas plásticas). Além disso, a maquete de uma casa será usada para ilustrar quais são os pontos com risco de acumular água parada.

Nos dias 27 e 28, os agentes se concentram nas ruas do bairro Chácara Inglesa. Também no dia 28 (sábado), o CCZ aproveita a abertura das 34 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) no Dia D do Novembro Azul para distribuição de panfletos.

A coordenadora do Controle de Dengue de São Bernardo, Ericka Avibar, afirma que a semana de mobilização é importante porque reforça as ações educativas feitas ao longo do ano. “Tivemos um aumento expressivo do número de casos da doença. Sem o apoio de cada morador, no sentido de evitar a água parada em sua residência, não conseguiremos vencer essa batalha”, ressalta.

“Moradores devem ficar atentos todos os dias” – Ao longo de 2014, a cidade contabilizou 486 casos autóctones (contraídos no próprio município) de dengue. Em 2015, de janeiro a outubro, foram 2.816. Por isso, desde agosto o CCZ percorre os bairros onde houve maior incidência de registros, realizando mutirões que identificam e eliminam criadouros. Os bairros Jardim Independência, Jardim Castelo Branco, Baeta Neves e dos Casa são alguns dos locais percorridos pelas equipes nos últimos meses.

Os recordistas de larvas do Aedes Aegypti encontradas são os bebedouros de animais, vasos de plantas e calhas, onde as folhagens se acumulam e impedem o escoamento da água. “Os moradores devem estar atentos todos os dias. A vigilância constante é o nosso maior aliado”, afirma Ericka. O Disque-dengue (0800- 195565) pode ser acionado para informar suspeita de focos do mosquito. Em casa, a população deve estar atenta também às caixas d’água (que devem permanecer cobertas), garrafas (sempre guardadas com o boca para baixo), pneus e recipientes usados para estocar água para reuso. “Não precisa colocar nenhum produto químico. Basta mantê-los fechados”, recomenda.

A coordenadora do Controle de dengue afirma que o principal entrave para atuação dos agentes de controle ainda é a recusa dos moradores em permitir a entrada das equipes, em especial nos condomínios. Para reverter esse quadro, a Secretaria da Saúde fará, no dia 2 de dezembro, reunião com construtoras, administradoras de condomínios, síndicos e imobiliárias. O objetivo é sensibilizá-los sobre importância de apoiar as medidas de combate ao mosquito Aedes aegypti, facilitando o acesso das equipes a obras, conjuntos de prédios e imóveis fechados.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "São Bernardo tem Semana de Mobilização contra a Dengue"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *