São Bernardo conquista avanços no tratamento de esgoto e gestão ambiental

400 0

Da Redação – A cidade de São Bernardo conquistou importantes avanços no setor de saneamento e gestão ambiental, que trarão benefícios e melhorias para mais de 250 mil habitantes. A entrega do novo equipamento do Riacho vai aumentar o tratamento de esgoto de 44% para 95% da população pelos dos bairros Parque Riacho Grande, Tupã, Vila Pelé, Capelinha,Tozzi, Estoril, Finco e Yara Praia.

O Governo do Estado e a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) autorizaram para prosseguimento das obras do Programa Pró-Billings. O lote a ser licitado inclui a construção de 34 Estações Elevatórias de Esgotos (EEE), 60 quilômetros de tubulações para coleta e afastamento dos dejetos e 7.566 ligações domiciliares em bairros como Jardim Laura, Las Palmas, Pinheirinho, Los Angeles, Represas e Imigrantes, situados na região do Grande.  Com investimento de R$ 128 milhões, a previsão é que as obras sejam concluídas em quatro anos.

A formalização do investimento foi feito com a presença do governador Geraldo Alckmin, o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, Secretário Estadual de Saneamento e Recursos Hídricos Benedito Braga, do Presidente da Sabesp Jerson Kelman, o vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Marcelo Lima, a primeira-dama e presidente do Fundo Social, Carla Sardano Morando, do titular de Gestão Ambiental do município, Dr. Mário de Abreu, além de outros auxiliares diretos da administração e vereadores.

O chefe do Executivo de São Bernardo celebrou as conquistas do município. “O lançamento deste edital trará um avanço ambiental e de saneamento incomparável. A Sabesp incorporou o nosso sistema de água e esgoto em 2006. Muito foi feito, mas sem dúvida, o maior avanço é este edital, aonde iremos tratar o esgoto de 250 mil pessoas. Eu, meu vice, nascemos nesta região. Seria indisciplinar, da nossa parte, permitir que toda a região continuasse a poluir. Quando falamos de água e esgoto é universal, não se pode limitar a uma cidade, mas estou feliz que seja em São Bernardo”, destacou.

Desde 2011, quando o projeto começou, já foram assentados ligações secundárias e parte do Coletor-Tronco Touros, principal tubulação que levará o esgoto para a Estação de Tratamento de Esgotos ABC, na divisa de São Paulo com São Caetano do Sul.

De acordo com Alckmin, as realizações por parte da Sabesp precisam ser destacadas, detalhando toda a importância de benefícios nas questões ambientais que chegaram para a cidade e região. “Com felicidade estamos em São Bernardo iniciando uma obra e entregando outra. Este edital estará publicado amanhã. Neste primeiro lote, serão investidos R$ 128 milhões e depois aporte que totalizarão R$ 250 milhões. Isso tudo possibilitará pela universalização, 100% de água de qualidade. Beber água direto da torneira”, observou Alckmin.

No total, o Pró-Billings inclui o assentamento de 100 km de redes coletoras de esgoto, 44 km de coletores-tronco e linhas de bombeamento, três EEEs principais e 36 EEEs locais, de menor porte. O investimento de R$ 250 milhões beneficiará 250 mil habitantes.

Riacho Grande – Durante o ato oficial, foi inaugurado o Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) do Riacho Grande, este com investimentos na ordem de R$ 26,5 milhões, que contemplam intervenções da etapa do Projeto Tietê. O projeto passa a beneficiar 11.500 moradores. A obra engloba o assentamento de 40 km de novas redes coletoras de esgoto, 1.500 ligações domiciliares e 14 estações elevatórias de esgotos (EEE) que são responsáveis por bombear os dejetos até a Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) Riacho Grande.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "São Bernardo conquista avanços no tratamento de esgoto e gestão ambiental"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *