São Bernardo confirma o primeiro caso autóctone de Febre Amarela

1148 0

Da Redação – A Prefeitura de São Bernardo, por meio da Secretaria de Saúde, comunica, nesta segunda-feira (05/02), o primeiro caso de febre amarela autóctone (infectado em São Bernardo). A situação ocorreu com um homem, de 35 anos, morador do Jardim Palermo e que trabalha no Jardim Represa, ambas regiões da cidade. O cidadão estava entre os três novos casos de investigação no município – os outros dois seguem em análise –, sendo a confirmação oficializada pelo Hospital de Clínicas, laboratório da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo).

O morador deu entrada na UPA do Baeta Neves em 1° de fevereiro, sendo posteriormente transferido para o Hospital das Clínicas de São Paulo, onde permanece até hoje, na UTI hospitalar. Ele não havia se vacinado e também não realizou qualquer viagem ou deslocamento da cidade nos últimos meses. Na semana passada, a Prefeitura havia comunicado o primeiro caso de febre amarela. Na ocasião, referia-se a um caso importado. O morador de 33 anos foi diagnosticado com a doença após viajar para Mairiporã, cidade da Grande São Paulo, considerada uma das áreas de risco.

Desde o dia 25/01, a Prefeitura de São Bernardo segue em campanha de vacinação pelas 34 UBSs (Unidades Básicas de Saúde). Até o momento, uma baixa adesão a imunização da doença foi registrada na cidade – em torno de 24% da meta estipulada. São 707 mil doses disponíveis em São Bernardo. Assim, a Prefeitura anunciou a inserção de 102 escolas municipais para a aplicação da dose, a partir desta segunda-feira (05/02) até o dia 9, das 9h às 16h. O objetivo é ampliar o acesso da população para mais pontos e, conseqüente, aumentar o alcance de toda a campanha.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "São Bernardo confirma o primeiro caso autóctone de Febre Amarela"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *