Santo André faz dever de casa e avança à semifinal do Paulista

551 0

Da Redação – São Caetano e Santo André fizeram mais uma edição do clássico SanSão do Grande ABC, neste sábado, no estádio Anacleto Campanella. Melhor para o Santo André, que, na casa do adversário, se segurou 0 a 0 e garantiu a vaga nas semifinais do Paulista da Série A2. Mérito do Ramalhão que, após vencer no estádio Bruno Daniel, neutralizou o adversário e garantiu a vaga entre os quatro melhores do Paulistinha.

Apesar de o Santo André ter levado a melhor, quem foi muito melhor foi o adversário. Apoiado por mais de 8 mil pagantes no Anacleto Campanella, o São Caetano dominou as ações durante toda a partida, com lances de perigo em vários momentos. Mesmo com a pressão do rival, o Santo André soube se fechar e conseguiu segurar o empate sem gols, que leva o Ramalhão à semifinal.

O São Caetano iniciou a partida com maior tempo de posse de bola e controlava as ações no ataque, mas o Santo André tentava mostrar logo que não veio para se defender e, apesar de bem fechado, se armava bem para as jogadas de contra-ataque. Aos 16 minutos, o lateral-esquerdo Bruno Recife recebeu bola invertida dentro da área do Santo André, mas faltou pinta de atacante ao jogador, que bateu longe do gol. O São Caetano seguiu jogando com mais volume de jogo, pressionando, mas não conseguia ultrapassar a marcação do Santo André.

Aos 29, Matheus fez boa jogada em mais uma chegada de perigo do São Caetano. O camisa 11 tirou o marcador e bateu rasteiro da entrada da área, a bola passou raspando a trave. O Santo André deixou de se fechar tão bem e começou a sofrer mais chegadas ainda do rival. As chegadas do São Caetano seguiram acontecendo. Ainda na primeira etapa, Neto levou perigo em dois momentos. Aos 34, Neto pegou sobra da entrada da área e soltou uma bomba, que passou rente ao gol do Ramalhão. Aos 40, o jogador cobrou falta venenosa, que passou perto da trave esquerda do Santo André. Apesar da pressão, o jogo ficou zerado na primeira etapa.

O Santo André foi para o intervalo precisando de muita conversa para se recompor para a disputa da segunda etapa. E parece que a conversa com o treinador Toninho Cecílio não teve muito efeito sobre a equipe, que seguiu sendo pressionada pelo rival. O gol do São Caetano parecia bem desenhado, principalmente em jogadas de bola parada. Aos 9, Jô bateu travado após cruzamento da esquerda e Neto finalizou no rebote, mas um desviou salvou o Ramalhão. Aos 13 e aos 19, Neto tentou marcar em duas perigosas cobranças de falta. Primeiro, na linha da grande área, o jogador cobrou colocado por cima do gol do Santo André. Depois, Neto bateu firme do flanco esquerdo e obrigou Zé Carlos a pular para fazer difícil defesa.

Na metade da segunda etapa, o Santo André até tentou bater de longe, já que não conseguia criar lances. Com dois chutes que passaram longe da meta do São Caetano em sequência, o Santo André levou o técnico Toninho Cecílio à loucura na beira do campo. O São Caetano entrou no ritmo do desespero na reta final e tentava chegar ao ataque a todo custo. No fim das contas, mesmo com o amplo domínio durante os 90 minutos, o São Caetano falhou na hora de marcar e acabou eliminado.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Santo André faz dever de casa e avança à semifinal do Paulista"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *