SA beira os 40 mil atendimentos com novo mutirão do Fila Zero

263 0

Foto: Ricardo Trida/PSA

Da Redação – Neste sábado (5), a Prefeitura de Santo André realizou o terceiro mutirão de consultas do programa Saúde Fila Zero. Ao todo, 6 mil pessoas saíram da fila de espera com o atendimento realizado neste final de semana, chegando ao total de 36 mil atendimentos desde o início do projeto.

No Centro de Especialidades II, no Parque das Nações, pacientes com até dois anos e meio de espera passaram por consulta com neurologista ou dermatologista. No Centro Hospitalar Dr. Newton da Costa Brandão, houve atendimento na especialidade de cirurgia vascular, enquanto na Faculdade de Medicina do ABC, na especialidade de oftalmologia. A secretária de Saúde e neurologista, Ana Paula Peña Dias, participou do mutirão atendendo voluntariamente os pacientes, junto aos quase 75 funcionários envolvidos na ação.

O prefeito Paulo Serra esteve no Centro de Especialidades II para acompanhar os atendimentos de perto. “Ainda temos muitos desafios pela frente, mas já estamos no caminho para melhorar a saúde no município. Não é fácil resolver em pouco tempo problemas antigos, mas já conseguimos saldar dívidas de milhões com fornecedores e estamos diminuindo o tempo de espera por consultas e exames, devolvendo a credibilidade à Prefeitura, para que a população possa contar com o serviço público”, comentou Serra.

Esperando desde maio de 2015, Inácia Moreira da Silva, de 84 anos, finalmente foi chamada para a consulta com neurologista. Acompanhada das filhas, a moradora da Vila Luzita teve sintomas agravados após ficar sem o medicamento do qual ela fazia uso. “Tivemos que pagar consulta particular para conseguir a receita do remédio, porque os episódios de esquecimento e as visões que minha mãe tem aumentaram sem ele. A consulta de hoje devolveu um pouco nossas esperanças”, comentou a filha Acileide Goes, de 63 anos.

O atendimento respeitou a ordem cronológica da demanda reprimida. Em menos de um ano, a atual Administração conseguiu diminuir o tempo médio de espera por consultas, de dois anos para um ano, na especialidade de dermatologia; um ano e oito meses para doze meses, na especialidade de neurologia e de dois anos para um ano, na especialidade de cirurgia vascular. Para consultas de oftalmologia, já passaram a ser chamadas fichas com entrada em junho de 2017.

Com as outras edições do mutirão, a demanda reprimida herdada da gestão anterior foi zerada na especialidade de cardiologia, com mais de 2.600 solicitações no início do ano. O Saúde Fila Zero foi iniciado para diminuir a fila de 128 mil solicitações em espera na área da saúde. O programa possui mais duas frentes de trabalho: a compensação tributária por meio da prestação de serviços, projeto inédito aprovado no início do ano na Câmara Municipal, e a retomada do Hospital Dia, no Centro Hospitalar Dr. Newton da Costa Brandão, onde já foram realizadas mais 370 cirurgias de baixa complexidade, desde abril, quando foi reinaugurado.

 

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "SA beira os 40 mil atendimentos com novo mutirão do Fila Zero"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *