Ribeirão quer humanizar o atendimento à população LGBT

204 0

Capacitação de servidores municipais para implantação de rede integrada visa a garantia de direitos e respeito à diversidade 

Da Redação – Nesta terça-feira, dia 28, a Estância Turística de Ribeirão Pires promoveu formação de servidores públicos referentes à Rede de Atendimento à população LGBT. A atividade aconteceu na Câmara Municipal da cidade.

No total, 75 profissionais das secretarias de Saúde, Educação, Segurança, Cultura e do Posto de Atendimento ao Trabalhador participaram da atividade, que teve por objetivo humanizar os atendimentos prestados nos serviços públicos da Estância.

Os profissionais acompanharam palestras sobre os temas “Identidade de Gênero/ Vivência/ Discriminação e Políticas Públicas”, ministrada pelo presidente do GAD, Wagner Lima, e pelo coordenador Gênero e Diversidade Sexual da Secretaria de Participação e Inclusão Social, Vitor de Oliveira Lopes; e “Saúde da população LGBT”, ministrada por Nanci Garrido, psicóloga especialista em IST/Aids e responsável técnica pelo Programa IST/Aids  do município.

O presidente da Comissão de Diversidade Sexual e coordenador da Assistência Jurídica da OAB – subseção de Ribeirão Pires, Dr. Ivandro Neves de Souza, foi o responsável pela abordagem de legislação específica voltada à garantia de direitos da população LGBT.

No período da tarde, roda de conversa debateu direitos, ações e a importância de políticas públicas voltadas à população LGBT. O debate contou com a presença do coordenador estadual de Políticas para Diversidade Sexual, Marcelo Gallego.

“Essa formação é de extrema importância no trabalho de conscientização da população. O Estado tem se unido às sete cidades por meio Consórcio Intermunicipal Grande ABC em busca de ações que visam o bem comum. A nossa jornada busca expandir e implantar essa rede de atendimento, essa humanização em todas as cidades do ABC, para juntos formarmos um mundo melhor”, afirmou Gallego.

Ao final do dia, os participantes receberam certificados, durante a Sessão Solene em celebração ao Dia Municipal de Combate a Homofobia – instituído pela Lei Municipal nº 5824/14.

“A certificação de servidores no atendimento à população LGBT é o ponto de partida para o acolhimento global e a garantia de direitos dessa camada da sociedade. O desconhecimento sobre o tema ainda é o maior entrave para a implantação das políticas necessárias em saúde, educação, segurança e empregabilidade. Ribeirão Pires está dando um grande passo, sendo a primeira cidade da região a criar a rede de atendimento. Um ganho que será sentido ao longo dos anos. Só temos que pontuar de forma positiva a iniciativa da atual Gestão”, avaliou o presidente do GAD, Wagner Lima.

O evento foi promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Participação e Inclusão Social, em parceria com o GAD – Grupo de Apoio a Diversidade e a ARPA – Associação Ribeirão-pirense de Apoio LGBT, com apoio da Secretaria de Saúde, OAB RP e Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Ribeirão quer humanizar o atendimento à população LGBT"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *