Ribeirão estuda alternativas para fomentar a reciclagem e desenvolvimento

67 0

Secretarias de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico estreitam relações em prol da sustentabilidade

Da Redação – Em reunião realizada nesta segunda-feira, dia 11, as secretarias de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico discutiram planos de incentivo à coleta seletiva e a busca por formas de conscientização da importância da reciclagem. O encontro também teve a presença de representantes da Câmara Municipal.

Andreza Araújo, Secretária de Meio Ambiente, salientou que é de grande valia a união de forças em busca de alternativas para novas formas de reutilização de materiais. “Cada vez mais é importante que exista essa união de forças para um maior cuidado com as questões ambientais, principalmente em Ribeirão Pires, que é uma cidade protegida pela Lei de Mananciais”. 

Marli Silva, secretária de Desenvolvimento Econômico, ressaltou que é preciso levar em conta as pautas que unem as pastas em prol de Ribeirão Pires. “É muito importante propor projetos e programas na linha do Desenvolvimento Econômico e coleta seletiva. Tais segmentos resultarão em emprego, renda e autonomia”, comentou.

Representando a Câmara Municipal, participaram da reunião os vereadores Sapão Borges (PTC) e Sandro Campos (PSB). Sapão comentou sobre a realização de projetos voltados aos coletores de recicláveis: “Nós acompanhamos e sabemos das dificuldades de quem vive da coleta de materiais recicláveis. Pensar projetos e alternativas para melhorar o trabalho dessas pessoas junto com a questão ambiental é de grande importância”, comentou. 

Sandro Campos também coloca que é importante auxiliar as pessoas neste período de isolamento. “É fundamental pensar formas de parceria e auxílio às pessoas, principalmente nesse momento de pandemia, com o objetivo de somar forças em benefício de Ribeirão Pires”, finalizou.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Ribeirão estuda alternativas para fomentar a reciclagem e desenvolvimento"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *