Retorno do Esporte Clube Santo André à Primeira Divisão do futebol paulista

988 0

Futebol é uma arte, onde em um segundo você pode criar uma obra prima ou o fiasco da sua vida…     Josevam Lopes.

* Hildebrando Pafundi – A festa comemorando a conquista do Campeonato Paulista pela Série A2 e o retorno a Primeira Divisão ou elite do futebol do Estado de São Paulo pelo Esporte Clube Santo André ocorreu em Maio, ou seja, no mês passado deste ano de 2016, mas só agora resolvi abordar o assunto, porque havia sempre outros temas prioritários.

Por outro lado, eu gosto de futebol, porém não sou fanático para ficar abordando sempre esse tema aqui na crônica de abertura da coluna Esquina Descontraída. E mesmo sendo torcedor do Corinthians Paulista desde criancinha, sempre que algum time do Grande ABC está disputando a Primeira Divisão, se o jogo for contra o Timão, eu fico com o coração dividido, torcendo por um empate, mas se é contra qualquer outro time, torço pelo clube da Região do ABC.

Embora um dos times do Grande ABC que fez mais sucesso na Primeira e na Segunda Divisão tenha sido o São Caetano, mais conhecido como Azulão, agora temos também o São Bernardo, que joga no Estádio Primeiro de Maio; e o Água Santa, de Diadema, que também tem seu estádio próprio, e contratou Edinho, o filho de Pelé, como técnico.

Mas a bola da vez é o Santo André, também conhecido como Ramalhão, que já poderia disputar o Campeonato Paulista deste ano. Mas a diretoria preferiu deixar para 2017 e justificou explicando que não poderá contar com o Estádio Bruno Daniel, onde manda os jogos, porque foi emprestado e será utilizado em treinos dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro até Outubro.

O Esporte Clube Santo André foi fundado em 18 de Setembro de1967, com as cores azul e branco, mas o lançamento ocorreu em 20 de Janeiro de 1968, com muita festa na Praça IV Centenário, no Paço Municipal, pouco tempo depois do clube social Corinthians de Santo André, encerrar sua participação no futebol profissional.

Além disso, o estádio necessita de algumas reformas e de melhor iluminação para os jogos noturnos, e o prefeito Carlos Grana informou em entrevista a imprensa, durante as comemorações no Paço Municipal, que essas obras só serão possíveis no final deste ano, em Dezembro.

Por outro lado, diretoria do clube já fez acordo com seis dos jogadores, que tinham contratos vencidos, para retornarem em 2017. Mas existe outro problema: Se adiar a participação terá que pagar R$ 50 mil de multa. Vamos aguardar para ver como fica a situação!

  • Obras de Picasso no Instituto Tomie Ohtake – Foi inaugurada com obras de Pablo Picasso, sendo muitas de seu acervo particular e inéditas no Brasil, que atualmente pertencem ao Museu Nacional Picasso, em Paris, grande exposição no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo e pode ser visitada até de 14 de Agosto. Depois do Instituto, a exposição segue para o Paço Imperial, no Rio de Janeiro, que será inaugurada em Setembro. O artista plástico espanhol Pablo Picasso, que nasceu em 1881 e faleceu em 1973, mesmo sendo mais conhecido como cubista, tinha seu próprio estilo com diferentes técnicas e fez os primeiros desenhos quando estava com apenas 14 anos. Para essa exposição, com curadoria de Emilia Philippot, foram selecionadas 153 peças com a trajetória cronológica e temática do artista e suas principais fases, sendo 116 de sua autoria: 20 esculturas, 20 gravuras, 34 pinturas e 42 desenhos. Há também 22 fotogramas de André Villers, produzidos em parceria com Pablo Picasso. As outras são 12 fotografias feitas por Dora Maar, e três pelo fotógrafo Pierre Manciet, além de filmes sobre as obras de Picasso, seu processo de trabalho e criação. A exposição, denominada “Picasso: Mão Erudita, Olho Selvagem” foi dividida em 10 seções: Formação e influência, Picasso o exorcista (processo e geometrização de formas), o cubista, o clássico (a maternidade, o teatro e a dança), o surrealista, o processo de criação de Guernica (estudo da obra, fotos e o foco), o resistente, o múltiplo (da cerâmica ao fotograma), ele trabalhando e sua última fase, que mostra o erotismo em todos os seus estados. Visitas até dia 14 de Agosto de 2016, de terça-feira a domingo das 11h às 20 horas. As entradas custam R$ 12,00, meia, R$ 6,00, mas nas terças-feiras, as visitas são grátis e crianças até 10 anos não pagam em nenhum dos dias. Os ingressos estão à venda pelo site www.institutotomieohtake.org.br ou na bilheteria do Instituto de terça-feira a domingo das 10h às 19 horas. Endereço: Avenida Faria Lima, 201, com entrada pela Rua Coropés, 88 – São Paulo – Capital, SP.
  • Criação de Macunaíma – A exposição em homenagem aos 90 anos da criação do romance Macunaíma, do escritor Mário de Andrade, poderá ser visitada até dia 20 de Julho. Essa mostra reúne fac-símiles dos originais do romance, que pertencem ao Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da Universidade São Paulo (USP); o exemplar da edição original autografada do livro Macunaíma, de Mário de Andrade, do acervo da Casa Guilherme de Almeida, entre outros objetos do escritor. Visitas: de terça-feira a sábado, das 10h às 18h, até o dia 20 de Julho de 2016, na Oficina Cultural Casa Mário de Andrade (Rua Lopes Chaves, em São Paulo). Mais informações pelo site www.oficinasculturais.org.br
  • 44º Salão de Arte Contemporânea de Santo André – Foi inaugurado dia 8 de Abril, durante os festejos de 463 anos de fundação de Santo André, o 44º Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto, no Salão de Exposições do Teatro Municipal, com visitas até 4 de Junho de 2016. A comissão julgadora, com a participação de Albano Afonso, Mônica Rubinho e Valdo Rechelo, selecionou 131 obras de autoria de 75 artistas, dentre os 410 inscritos de todo o Brasil, sendo 292 de São Paulo, 47 do Rio de Janeiro, 13 de Minas Gerais e o restante de outros Estados. Foram premiadas 16 obras de 15 artistas. Um dos organizadores dessa tradicional exposição e coordenador da Casa do Olhar Luiz Sacilotto, Nilo Matos de Almeida, em entrevistas a imprensa ressalta a importância do 44º. Salão de Arte Contemporânea devido à participação de artistas de todo o País com grande variedade de trabalhos contemporâneos, entre gravuras, pinturas, desenhos, técnicas experimentais e inserção de objetos. Visitas: de terça-feira a sábado, das 14hàs 19 horas, até dia 4 de Junho. Endereço: Praça IV Centenário, sem numero, Cento, Santo André – SP. Telefone (11)4433-0730.
  • Exposição Moedas, Medalhas e Cia As primeiras moedas brasileiras surgiram em 1645, no Nordeste, durante o domínio holandês. Já em 1694, o então Rei de Portugal, D. Pedro II, criou na Bahia, a primeira Casa da Moeda Brasileira, que depois foi transferida para o Rio de Janeiro. Com base nessa história, a Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul organizou a mostra Moedas, Medalhas e Cia que pode ser visitada no Museu Histórico Municipal até dia 30 de Junho. As moedas e as notas de dinheiro sempre foram importantes para contar a história de muitos países. Em muitos lugares existem colecionadores de dinheiro de várias épocas e lugares. A mostra Moedas, Medalhas e Cia, conta com exemplares de moedas brasileiras, como cruzeiro, cruzeiro novo, cruzado, cruzado novo, cruzeiro real e o real, desde 1994, além de coleção de coleção de condecorações, troféus, placas de honra ao mérito e títulos esportivos, que trazem mensagens aos homenageados pelo destaque em suas atividades até dia 30 de Junho. Visitas de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados das 9h às 13h, no Museu Histórico Municipal (Rua Maximiliano Lorenzini, 122, Bairro da Fundação, São Caetano – SP) Entrada grátis. Mais informações pelo telefone (11) 4229-1988
  • Tiro de Guerra de São Caetano comemora 65 anos Para comemorar os 65 anos de história do Tiro de Guerra de São Caetano, foi montada uma exposição reunindo cerca de 85 imagens, mostrando diferentes personagens, eventos, fatos, fotos e aspectos cotidianos dessa instituição militar da cidade, no Salão de Exposição da Fundação Pró-Memória, no bairro Vila São José, onde permanecerá até dia 3 de Julho. Visitas de terça-feira a sábado, das 8h às 17h, e aos domingos das 9h às 16h, até dia 3 de Julho de 2016. Endereço: Avenida Fernando Simonsen, 566, São José, São Caetano – SP. Mais informações pelo telefone (11) 4223-4780.
  • Casa de Vidro: Vivência no Ateliê Pedagógico Ano II A exposição Xilogravura: Vivência no Ateliê Pedagógico – Ano II, é uma das muitas atividades em comemoração ao aniversário da Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul, que completou 25 anos de sucesso ao longo da história. A mostra, que foi inaugurada no Espaço Cultural Casa de Vidro, conta com centenas de gravuras produzidas por pessoas de todas as idades, em papel, prensas, ferramentas, com orientação e bate-papo.Visitas: de segunda a sexta-feira das 9h às 17 horas. Entrada grátis. Local e endereço: Casa de Vidro, na Avenida Goiás, a altura do número 1.111, ao lado do Teatro Municipal Santos Dumont..
  • Bienal Internacional do Livro de São Paulo – Já tiveram inicio os preparativos para a 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que será realizada entre os dias 26 de Agosto e 4 de Setembro, no Pavilhão de Exposições do Parque Anhembi, na Avenida Olavo Fontoura, 1209, na Capital. O evento reunirá escritores brasileiros e de outras nacionalidades, editoras nacionais e internacionais, com lançamentos de livros, tardes de autógrafos, palestras e debates. Os ingressos, que custam entre R$ 20,00 a R$ 25,00 já estão à venda pelo site www.bienaldolivrosp.com.br que na compra de três ingressos ou mais terá descontos. Já participei de algumas Bienais do Livro de São Paulo, a partir de 2004, geralmente no espaço para associados da União Brasileira de Escritores (UBE), quando aproveitava para fazer lançamentos de livros de minha autoria, fazer trocas, conversar e entrevistar alguns escritores, como o cronista e romancista Ignácio de Loyola Brandão, e o também autor de novelas para televisão e romancista, Walcir Carrasco, entre outros. A deste ano talvez não participe, porque não tenho nenhum livro recente para ser lançado, mas talvez faça uma ou duas visitas para adquirir alguns livros, o que também recomendo aos amigos, amigas e leitores.
  • Pós–impressionismo – – Foi inaugurada no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em São Paulo, a exposição “O triunfo da cor: O pós–impressionismo”, com 75 obras de 32 artistas, dentre os quais se destacam Van Gogh e Cézane, que pode ser visitada até o dia 7 de julho, mas é necessário agendar pelo site HTTP://culturabancodobrasil.com.br/potal/o-triunfo-da-cor Visitas: de quarta-feira a sábado, das 9h às 21h até 7 de Julho. Contatos pelo telefone (11) 3113-3651. Endereço: Rua Álvares Penteado, 112, Centro, São Paulo – SP.
  • Paisagens de São Bernardo – Foi inaugurada na Pinacoteca de São Bernardo do Campo a exposição Paisagens de São Bernardo, com 35 obras do acervo de autoria de 21 artistas, que retratam diversos locais da cidade como a Represa Billings, Bairro Montanhão, o Paço Municipal, fábricas e outras paisagens. Visitas: de terça-feira a sábado das 10h às 18h, mas nas quintas-feiras fica aberta até 31 horas. Entrada grátis até Agosto. Endereço da Pinacoteca São Bernardo: Rua Kara, 105, São Bernardo do Campo – SP. Até a próxima.
pafundi * Hildebrando Pafundi é escritor, jornalista, contista e cronista. Membro da Academia de Letras da Grande São Paulo, da União Brasileira de Escritores (UBE-SP) e outras entidades. Tem quatro livros publicados. Contatos com o autor e colunista pelo e-mail hpafundi@ig.com.br
Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Retorno do Esporte Clube Santo André à Primeira Divisão do futebol paulista"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *