Resultados da prova de abertura da Stock Car sofrem alterações

32 0

Diversas punições, variadas infrações, mudaram resultado das duas corridas após longas análises dos comissários desportivos da entidade que rege o automobilismo brasileiro. Vitórias de Daniel Serra e Ricardo Maurício foram mantidas

Resumo do conteúdo

– Nada menos do que 18 pilotos foram punidos no último domingo (25) em Goiânia (GO);

– As duas corridas marcaram a abertura da temporada 2021 da Stock Car Pro Series;

– As vitórias de Daniel Serra e Ricardo Maurício foram mantidas;

– Ao final do texto, você confere os resultados confirmados pelos comissários esportivos, bem como a nova classificação do campeonato

Horas depois de baixada a bandeira quadriculada que colocou fim às disputas na pista pela primeira etapa da Stock Car Pro Series 2021, os resultados foram tornados oficiais após diversas análises dos comissários desportivos da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) tendo como base alguns acontecimentos das provas, além de interpelações formais anexadas por alguns pilotos e equipes.

As mudanças em relação ao resultado original

Corrida 1:
– 
Logo no final da corrida já havia sido anunciada a punição a Ricardo Zonta e Rubens Barrichello com a exclusão dos dois da prova por terem realizado o pit stop obrigatório fora da janela regulamentar;
– Allam Khodair, originalmente terceiro colocado na primeira prova, foi penalizado com o acréscimo de 20 segundos a seu tempo de prova por ter acionado o push-to-pass antes de completada a primera volta; assim, ele terminou a prova oficialmente na 14ª posição;
– Gabriel Casagrande, oitavo colocado na bandeirada, foi também punido com o acréscimo de 20 segundos a seu tempo de prova por “sobreposição na parada obrigatória sobre o carro #51 (Átila Abreu)”. Acabou em 15º;
– Ricardo Maurício, nono colocado, foi punido também com o acréscimo de 20 segundos pelo acionamento do push antes do fim da primeira volta. Terminou na 16ª posição;
– Os pilotos Pedro Cardoso (17º na bandeirada) e Marcos Gomes (18º) receberam a mesma punição de 20 segundos pelo mesmo motivo que Allam Khodair e Ricardo Maurício (uso indevido do push to pass). Foram reclassificados, respectivamente, em 18º e 20º;
– O piloto do carro #88, Beto Monteiro, foi punido por causar colisão com os carros #54 (Tuca Antoniazi) e #65 (Max Wilson). Terá de largar da última posição do grid na próxima etapa, em Interlagos.

Corrida 2:
– Os pilotos dos carros #5 (Denis Navarro, quarto colocado), #29 (Daniel Serra, quinto), #21 (Thiago Camilo, sexto), #44 (Bruno Baptista, sétimo), #30 (Cesar Ramos, oitavo), #85 (Guilherme Salas, nono), #12 (Lucas Foresti, 12º) e #0 (Cacá Bueno, que não terminou), foram punidos com o acréscimo de 5 segundos ao tempo de prova por terem realizado ultrapassagem sob regime de safety car. Respectivamente, eles caíram para as posições de número 6, 7, 8, 9, 11 e 15º (Cacá Bueno não havia terminado a prova, mas ficou classificado com três voltas de defasagem em 20º);
– O carro #91 de Felipe Massa foi desclassificado por incidente com o carro #86 (Gustavo Frigotto).

Campeonato:
Daniel Serra perde dois pontos com a punição recebida, mas permanece na liderança da tabela, desta vez com 44 pontos. Gaetano di Mauro sobe à vice-liderança com 34; antes vice-líder, Ricardo Maurício cai para o nono lugar com 29 pontos. Resultados oficiais das corridas 1 e 2, mais a classificação geral, abaixo:


Resultados (oficiais):

Corrida 1

1º – Daniel Serra (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze) – 17 voltas
2º – Cacá Bueno (Crown Racing/Chevrolet Cruze) – a 1s608
3º – Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Toyota Corolla) – a 4s510
4º – Bruno Baptista (RCM/Toyota Corolla) – a 6s145
5º – Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Toyota Corolla) – a 7s965
6º – Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze) – a 8s823
7º – Gaetano di Mauro (KTF Racing/Chevrolet Cruze) – a 10s566
8º – Átila Abreu (Shell V-Power/Chevrolet Cruze) – a 10s828
9º – Guilherme Salas (KTF Sports/Chevrolet Cruze) – a 10s879
10º – Lucas Foresti (KTF Sports/Chevrolet Cruze) – a 13s590
11º – Julio Campos (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze) – a 16s720
12º – Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Toyota Corolla) – a 17s874
13º – Diego Nunes (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze) – a 19s326
14º – Allam Khodair (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze) – a 22s368
15º – Gabriel Casagrande (A. Mattheis-Vogel/Chevrolet Cruze) – a 29s916
16º – Ricardo Maurício (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze) – a 30s515
17º – Galid Osman (Shell V-Power/Chevrolet Cruze) – a 36s530
18º – Pedro Cardoso (KTF Racing/Chevrolet Cruze) – a 44s987
19º – Gustavo Frigotto (RKL/Chevrolet Cruze) – a 45s099
20º – Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze) a 46s020
21º – Tuca Antoniazi (Hot Car/Chevrolet Cruze) – a 59s301
22º – Nelson Piquet Jr. (MX Piquet Sports/Toyota Corolla) – a 3 voltas
23º – Felipe Massa (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze) – a 5 voltas
Não completaram
Guga Lima (A. Mattheis-Vogel/Chevrolet Cruze) – a 7 voltas
Sérgio Jimenez (MX Piquet Sports/Toyota Corolla) – a 8 voltas
Christian Hahn (Blau Motorsports II/Chevrolet Cruze) – a 11 voltas
Tony Kanaan (Full Time Bassani/Toyota Corolla) – a 12 voltas
Max Wilson (Full Time Sports/Toyota Corolla) – a 16 voltas
Beto Monteiro (Crown Racing/Chevrolet Cruze) – a 17 voltas
Desclassificados
Rubens Barrichello (Full Time Sports/Toyota Corolla)
Ricardo Zonta (RCM/Toyota Corolla)

Corrida 2
1º – Ricardo Maurício (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze) – 12 voltas
2º – Gaetano di Mauro (KTF Racing/Chevrolet Cruze) – a 2s492
3º – Gabriel Casagrande (A. Mattheis-Vogel/Chevrolet Cruze) – a 5s225
4º – Átila Abreu (Shell V-Power/Chevrolet Cruze) – a 9s978
5º – Galid Osman (Shell V-Power/Chevrolet Cruze) – a 10s022
6º – Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze) – a 11s798
7º – Daniel Serra (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze) – a 12s000
8º – Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Toyota Corolla) – a 12s090
9º – Bruno Baptista (RCM/Toyota Corolla) – a 12s321
10º – Pedro Cardoso (KTF Racing/Chevrolet Cruze) – a 13s375
11º – Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Toyota Corolla) – a 13s610
12º – Diego Nunes (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze) – a 14s102
13º – Ricardo Zonta (RCM/Toyota Corolla) – a 14s481
14º – Guilherme Salas (KTF Sports/Chevrolet Cruze) – a 14s494
15º – Lucas Foresti (KTF Sports/Chevrolet Cruze) – a 17s736
16º – Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Toyota Corolla) – a 21s165
17º – Christian Hahn (Blau Motorsport II/Chevrolet Cruze) – a 24s919
18º – Rubens Barrichello (Full Time Sports/Toyota Corolla) – a 25s893
19º – Sergio Jimenez (MX Piquet Sports/Toyota Corolla) – a 56s971
20º – Cacá Bueno (Crown Racing/Chevrolet Cruze) – a 3 voltas
21º – Tuca Antoniazi (Hot Car/Chevrolet Cruze) – a 3 voltas
Não completaram
Gustavo Frigotto (RKL/Chevrolet Cruze) – a 7 voltas
Allam Khodair (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze) – a 12 voltas
Julio Campos (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze) – a 12 voltas
Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze) – a 12 voltas
Desclassificado
Felipe Massa (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze)

Classificação do campeonato (oficial)
1º – Daniel Serra – 44 pontos
2º – Gaetano di Mauro – 34
3º – Cesar Ramos – 32
4º – Bruno Baptista – 31
5º – Denis Navarro – 30
6º – Átila Abreu – 30
7º – Thiago Camilo – 30
8º – Cacá Bueno – 29
9º – Ricardo Maurício – 29
10º – Gabriel Casagrande – 24
11º – Galid Osman – 20
12º – Guilherme Salas – 19
13º – Lucas Foresti – 17
14º – Diego Nunes – 17
15º – Rafael Suzuki – 14
16º – Pedro Cardoso – 14
17º – Julio Campos – 10
18º – Ricardo Zonta – 8
19º – Allam Khodair – 7
20º – Christian Hahn – 4
21º – Rubens Barrichello – 3
22º – Gustavo Frigotto – 2
23º – Sergio Jimenez – 2
24º – Marcos Gomes – 1
25º – Tuca Antoniazi – 0
26º – Nelson Piquet Jr. – 0
27º – Felipe Massa – 0
28º – Guga Lima – 0
29º – Tony Kanaan – 0
30º – Max Wilson – 0
31º – Beto Monteiro – 0
32º – Felipe Lapenna – 0

De Goiânia, a Stock Car parte para São Paulo, onde no dia 16 de maio acontece a segunda etapa da temporada, no Autódromo de Interlagos.


Calendário Stock Car Pro Series
Data / Etapa / Local
25/04 – 1ª etapa – Goiânia
16/05 – 2ª etapa – Interlagos
20/06 – 3ª e 4ª etapas – Velocitta
11/07– 5ª etapa – Cascavel
01/08– 6ª etapa – Curitiba
22/08– 7ª etapa – Curitiba
19/09– 8ª etapa – Santa Cruz do Sul
24/10– 9ª e 10ª etapas – Velocitta
21/11– 11ª etapa – Goiânia
12/12– 12ª etapa – a definir

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Resultados da prova de abertura da Stock Car sofrem alterações"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *