Rede de Pequenas Bibliotecas Vivas de Santo André é premiada

495 0

Texto: Daniela Mian – Fotos: Ricardo Trida/PSA

Da Redação – A ‘Rede de Pequenas Bibliotecas Vivas de Santo André’ tem apenas oito meses e já recebeu reconhecimento internacional. O projeto foi contemplado no prêmio ‘6º Concurso de Ajudas 2018’, do Programa Latino-Americano de Bibliotecas Públicas (IberBibliotecas), vinculado ao Cerlalc/Unesco, com o valor de US$ 9.364,00.

Das 11 instituições contempladas com o prêmio, apenas três são brasileiras, dentre os 152 projetos inscritos de oito países. O valor será integralmente investido no programa que vem sendo desenvolvido em parceria com a SP Leituras, a Fundação Santo André e a Rede de Bibliotecas da Secretaria de Cultura de Santo André desde 2017.

O projeto inscrito pela SP Leituras integra as ações do programa Praler – Prazeres da Leitura que a SP Leituras coordena para a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo e prevê a implantação, fortalecimento e integração de oito pequenas Bibliotecas Vivas nos bairros Cata Preta e Sacadura Cabral, em Santo André.

A rede em construção é composta por duas bibliotecas públicas municipais, duas escolares e quatro comunitárias e o recurso será destinado à estruturação institucional da rede, compra de acervo e programação cultural aberta às comunidades.

Os endereços das Pequenas Bibliotecas Vivas são: Biblioteca Viva Cata Preta (Estrada da Cata Preta, 810 – Vila João Ramalho), Pequena Biblioteca Viva Sacadura Cabral (Avenida Prestes Maia, 3500, Box 17) e Pequena Biblioteca Viva “Semear” (Rua dos Ventos, 44, Cata Preta).

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Rede de Pequenas Bibliotecas Vivas de Santo André é premiada"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *