Ralis da Mitsubishi têm provas incríveis em Mogi Guaçu em SP

623 0

Da Redação – “Tem um sol pra cada um aqui.” Em tom de brincadeira, a frase popular foi a mais ouvida durante a segunda etapa do Mitsubishi Motorsports e do Mitsubishi Outdoor, neste sábado, em Mogi Guaçu, interior de São Paulo. O forte calor predominou durante todo o dia e o céu azul sem nuvens garantiu uma prova ainda mais bonita. A largada e a chegada foram no Autódromo Velo Città, um dos mais modernos do País, homologado pela FIA e CBA. Os participantes também tiveram a oportunidade de assistir às largadas da Mitsubishi Cup, rali de velocidade que também estava sendo realizado simultaneamente neste sábado.

O rali de regularidade Mitsubishi Motorsports passou pela região de Espírito Santo do Pinhal (SP) e os trechos com muita poeira deixaram as trilhas ainda mais desafiadoras. A última parte do percurso foi realizado dentro do Autódromo Velo Città e os participantes tiveram a experiência de fazer a prova na pista de asfalto.

Gerson Bellucci veio com o filho, Victor, pela primeira vez e aproveitou para estrear seu ASX na competição. “Gosto do 4×4 e o carro proporciona esse momento especial”, comenta. “É bom porque dá uma aliviada no trabalho e uma refrescada na cabeça. É um momento bom que passo com meu pai, já que não temos muito tempo durante a semana de nos vermos”, destaca Victor.

O casal Fabio e Fernanda Kanno gosta tanto das provas da Mitsubishi que está em sua nona participação. “É um programa que fazemos a dois e que gostamos bastante. Achamos a atmosfera muito legal, tudo muito gostoso. Sempre que dá trazemos também nossa filha de dois anos. Ela não vai com a gente na trilha, mas aproveitamos para passear”, disse Fernanda, que prefere assumir a direção de sua L200 Triton e deixar o marido navegando. “Não tem nem como descrever. Passamos o ano inteiro pensando quando será a próxima etapa. Nem feriado a gente planeja, só os dias do rali. É muito legal o ambiente que a Mitsubishi cria e toda a estrutura. Já fizemos vários amigos. A gente se diverte”, conta Fabio.

Campeões – Vitória inédita na categoria Graduados. “É a primeira vez que ganhamos em primeiro lugar desde que começamos a competir”, vibra Fernando Possetti, que corre com a esposa Cristina. “Não estou nem acreditando. A gente se esforça muito, mas ficávamos sempre no “quase”. Só que hoje a gente não errou e deu certo”, completa ela.

Na Turismo, vitória de uma dupla feminina. Sandra Dias e Minae Miyauti estão acostumadas a disputar a Mitsubishi Cup, que é o rali cross-country de velocidade. Mas decidiram experimentar outras trilhas off-road. “É tão emocionante quanto. O importante é que deu certo. Quero continuar fazendo as provas de velocidade e o Motorsports”, afirma Sandra. “O desafio maior é manter a concentração. Aqui a gente briga no metro, no décimo de segundo. Para nós foi uma surpresa essa vitória. É bem diferente, mas o regularidade é a base para as outras competições”, disse Minae.

Na categoria Turismo Light, Reginaldo Rocha Lemos Junior e Evaldo Indig Alves comemoraram a segunda vitória consecutiva. A dupla também venceu em Joinville, na abertura da temporada 2016. “Estamos trabalhando para sempre subirmos ao pódio, vamos ver se conseguimos. Estamos bem focados”, vibra Reginaldo. “Foi uma prova mais técnica, com um nível de dificuldade maior. Estou muito feliz”, comemora Evaldo.

Mitsubishi Outdoor
O rali de aventura e tarefas Mitsubishi Outdoor realizou uma das etapas mais bonitas. O trecho foi entre duas cadeias de montanhas: Serra do Caracol, onde fica o Pico do Gavião e a Serra do Pau D´Alho, que é considerado um centro de escalada em rocha.

Entre as atividades, os pilotos tiveram muitos desafios no 4×4, passando por uma serra repleta de pedras e com um incrível visual. Mas todos os participantes puderam aproveitar as belezas da Vinícola Casa Geraldo, em Andradas (MG). Eles fizeram uma visita guiada e aprenderam toda a história e técnicas para se fazer um bom vinho e depois responderam a um questionário que testou os conhecimentos e rendeu importantes pontos para as equipes.

Entre as atividades mais radicais, os participantes encararam um rapel de 15 metros de altura na Pedra da Cruz, além de outro rapel em uma cachoeira, seguido por um trecho a pé em mata fechada. Os amantes da bike puderam escolher entre três percursos diferentes em meio a trilhas e belas paisagens. Inspirada em uma trial run, outra atividade que desafio o físico foi o trekking até a Pedra do Elefante, em um percurso de 7 quilômetros que durou mais de 1h30.

Uma das atividades mais marcantes foi a “Homem Pássaro”, onde as equipes precisavam chegar até o ponto de pouso de um piloto de parapente e levá-lo até o Pico do Gavião. Na atividade olímpica, todos aprenderam as técnicas do arco e flecha, com direito à alvo e até uma biruta para mostrar a direção do vento.

Na categoria Extreme, destinada aos mais experientes, a equipe Promed voltou ao lugar mais alto do pódio. “Foi uma prova fantástica, com várias provas iradas em um dia maravilhoso. Deu tudo certo hoje”, vibra Eduardo Lopez. “A prova foi show em uma região fantástica. Na equipe todo mundo trabalhou o tempo todo. O terreno era muito legal, adrenalina o tempo todo. Tudo foi bacana”, completou seu irmão, Julio.

Na categoria Fun, muita vibração da Equiperdida com a primeira vitória. Os amigos, que trabalham na mesma empresa, se reuniram e estão apenas em sua terceira participação. “A alegria é sensacional, não sei nem explicar. Não achávamos que íamos ganhar, muito bom. Estou muito feliz”, disse, ainda sem acreditar, Luis Rafael. “A prova de seguir o paraglider e conseguir resgatar o piloto foi fantástica. Fomos seguindo as coordenadas até chegar a ele”, lembra Vagner Cipolo.

Próxima etapa
A próxima etapa do Mitsubishi Motorsports será a abertura da temporada Nordeste. A prova será na charmosa Gravatá (PE) no dia 30 de abril. No Sudeste, a terceira etapa será em Tiradentes (MG), no dia 21 de maio. Já os competidores do Mitsubishi Outdoor voltam a se encontrar em Curitiba (PR), no dia 2 de julho.

Resultados Mitsubishi Motorsports – 2ª etapa – Mogi Guaçu (SP)
Categoria Graduados
1) Fernando Luis Possetti / Cristina Starling Possetti – Ribeirão Preto-SP – 475 pontos perdidos
2) Jose Marques Souza Junior / Claudio Roberto Flores – Belo Horizonte-MG – 528 pp
3) Waldir Hudson Barbosa / Maria Eveli Giani Barbosa – Bragança Paulista-SP – 529 pp
4) Paulo Roberto Goes / Jhonatan Ardigo – Joinville-SC – 539 pp
5) Flavio Roberto Kath / Rafain Walendowsky – Blumenau-SC – 544 pp

Categoria Turismo
1) Sandra Dias / Minae Miyauti – Santana de Parnaíba-SP – 697 pontos perdidos
2) Igor Carvalho / Mauricio Barros Alcantara – Castro-PR – 732 pp
3) Pedro Junio de Oliveira / Alessandro Bonsucesso da Silva – Belo Horizonte-MG – 732 pp
4) Eduardo Alexandre Kruger / Fabiane Tironi Kruger – Jaraguá do Sul-SC – 751 pp
5) Marcio Pereira / Icaro M Cunha – Rio Bonito-RJ – 768 pp

Categoria Turismo Light
1) Reginaldo Rocha Lemos Junior / Evaldo Indig Alves – São Paulo – 358 pontos perdidos
2) Gustavo Marques Moraes / Marcelo Vieira Carestiato – Nova Friburgo – 358 pp
3) Ricardo Pingo / Samira Colla – São Paulo – 428 pp
4) Thiago Martino Santos / Karina Borba Martino – São Bernardo do Campo – 715 pp
5) João Magaldi / Vera Magaldi – São Jose dos Campos – 876 pp

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Ralis da Mitsubishi têm provas incríveis em Mogi Guaçu em SP"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *