Química do Esporte leva tênis às crianças de Mauá pelo terceiro ano

589 0

Da Redação – Crianças de 6 a 12 anos da cidade de Mauá, na região metropolitana de São Paulo, continuam aprendendo tênis em dois núcleos esportivos-educacionais, através do Química do Esporte III, projeto que conta com o patrocínio da Braskem, por meio da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo.

O projeto Química do Esporte, que entra em seu terceiro ano, é uma realização do IPDA (Instituto Paulista do Desporto Amador) e é executado em uma das regiões mais pobres e de maior vulnerabilidade social do Estado de São Paulo. Mauá possui um IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) de 0,766, ocupando 274a. posição no ranking estadual, e abriga duas das maiores favelas do estado.

Os núcleos funcionam nas Escola Municipal Professora Neuma Maria da Silva, no bairro Paranavaí, e na Escola Municipal Professora Terezinha Leardini Branco, no bairro Jardim Zaira.

Alunos de 6 a 12 anos das duas escolas e jovens que moram na comunidade perto das escolas também podem frequentar as aulas de tênis, que são oferecidas semanalmente, com um hora de duração. São aulas de iniciação esportiva, o Pré Tênis, que utiliza materiais lúdicos e adaptados para a prática.

O Química do Esporte III tem o objetivo fomentar o esporte como ferramenta de inclusão social através do tênis, com aulas ministradas por profissionais capacitados durante o turno escolar. O projeto já beneficiou diretamente 1.500 crianças e 5.000 indiretamente.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Química do Esporte leva tênis às crianças de Mauá pelo terceiro ano"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *