Psoríase e diabetes: há uma relação entre essas enfermidades?

144 0

Da Redação – Pacientes com psoríase têm duas vezes mais chances de desenvolver um conjunto de doenças relacionadas ao metabolismo, entre elas o diabetes. Isso acontece porque a psoríase não é apenas uma doença de pele, mas é considerada sistêmica, estando relacionada ao funcionamento dos sistemas metabólico e imunológico.

“O quadro de psoríase, uma condição não contagiosa, apresenta uma produção anormal de células na pele, com o surgimento de lesões avermelhadas e descamativas em formas de placas em diferentes partes do corpo, como rosto, membros, costas, couro cabeludo e unhas. Sem causas conhecidas, sabe-se que a doença está relacionada com uma possível disfunção que faz com que as células-T, as de defesa do organismo, ataquem as células da pele, que se multiplicam desordenadamente. É considerada uma manifestação de inflamação de todo o organismo”, explica a Dra. Maria Inês Harris, consultora científica de EctoPURE.

A associação entre psoríase e diabetes, embora negada nos estudos publicados na década de 1960, vem sendo sistematicamente comprovada. Por exemplo, um estudo acompanhando mais de 116 mil enfermeiras, durante 15 anos, constatou que as mulheres com psoríase têm 63% mais chances de apresentar diabetes e 15% mais chances de apresentar hipertensão.

Outro trabalho, publicado na Archives of Dermatology comprovou a relação entre a síndrome metabólica e a psoríase. Um paciente tem síndrome metabólica quando apresenta pelo menos três dos seguintes fatores: pressão alta, alto percentual de gordura na região abdominal, níveis baixos de HDL (o chamado bom colesterol), altos níveis de triglicérides e altos níveis de glicose no sangue em jejum.

A adoção de hábitos saudáveis de vida, com alimentação balanceada e exercícios com devido acompanhamento médico, são indicados ao paciente com psoríase. A ele também é recomendado o uso de medicamentos para controlar os sintomas que tanto incomodam. O creme tópico sem corticoides disponível nas farmácias de manipulação, EctoPURE da Biobalance Natural Immune Support promove a manutenção do metabolismo e reestabelece a homeostase da pele. A fórmula é livre de corticoides, parabenos e fragrâncias.

Pesquisas clínicas conduzidas pela Derma Consult GmbH, da Alemanha demonstraram a eficácia de EctoPURE na redução do eritema da pele irritada e na melhora da barreira cutânea, formando uma barreira protetora contra inflamações, agressões, poluição, estresse, reações alérgicas e danos provocados pelos raios UVA, aumentando a hidratação e diminuindo a perda de água.

Em uma dessas pesquisas, após acompanharem 94 pacientes com psoríase por dois meses, que usavam exclusivamente EctoPURE para controlar a psoríase, os pesquisadores alemães constataram melhora de mais de 70% nos níveis de prurido, ressecamento, vermelhidão e descamação da pele. Ele alivia e acalma a pele, através da recuperação da barreira e do suporte ao processo regenerativo. Também alivia a sensação de prurido e eritema associados aos ressecamentos mais internos, reduz o ressecamento cutâneo, através do aumento do seu conteúdo hídrico, levando a uma maior suavidade da pele, atenua a vermelhidão e é adequado para uso na fase aguda da psoríase.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Psoríase e diabetes: há uma relação entre essas enfermidades?"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *