Proposta vai reduzir chances de contaminação dos frentistas pelo benzeno

647 0

Da Redação – Um projeto de lei aprovado na Assembleia Legislativa de São Paulo deve proteger os frentistas da contaminação por benzeno, substância cancerígena que faz parte da composição da gasolina. A medida proíbe o abastecimento depois de acionada a trava na bomba, que avisa que o tanque já está cheio. Segundo informações da Cetesb, existem 4.137 postos no Estado onde o resíduo é encontrado em excesso, atingindo tanto o meio ambiente, quanto os trabalhadores e usuários.

Para o autor da legislação, deputado Marcos Martins (PT), a iniciativa vai evitar que os frentistas sejam contaminados. “O projeto traz o cumprimento de normas do Ministério da Saúde e do Trabalho de respeitar o gatilho da bomba de combustível. Esse gatilho já existe e avisa que o tanque de combustível do carro está cheio”, diz.

A diretora técnica da Vigilância Sanitária do Trabalho da Secretaria Estadual da Saúde, Simone Alves dos Santos, alerta que é preciso também conscientizar o cliente do posto para que não peça que o frentista abasteça além da trava. “O abastecimento somente até o limite do automático evita que o trabalhador tenha que ficar parado esperando o fim do processo e exposto ao produto”, disse.

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Proposta vai reduzir chances de contaminação dos frentistas pelo benzeno"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *