Projeto leva contação de histórias às feiras livres de Santo André

389 0

Iniciativa da Secretaria de Cultura tem como objetivo estimular o uso das bibliotecas; nesta quarta-feira a estreia se deu na feira do Jd. Bom Pastor

Texto: Paola Zanei – Crédito-fotos: Crédito-Foto: Alex Cavanha/PSA

Da Redação – Entre os tradicionais gritos dos feirantes anunciando os preços das frutas, adultos e crianças pararam para ouvir histórias na feira livre do Jardim Bom Pastor nesta quarta-feira (6). Duas atrizes e uma violinista percorreram a feira com a intervenção Mascate de Histórias,  contando e interpretando histórias, interagindo com o público, ao som do violino.

A ação faz parte do projeto SensibilizArte, da Secretaria de Cultura de Santo André, que tem como objetivo, além de destacar o valor da leitura, divulgar para as comunidades a existência da rede de bibliotecas municipais. A próxima apresentação acontece na feira livre do Parque das Nações, a partir das 10h, no próximo domingo (10).

“A ideia é ir onde as pessoas estão. Não queremos chamar as pessoas para virem  às bibliotecas, porque muitas pessoas das comunidades, das redondezas, acreditam que a biblioteca pertence à escola. Então quando se faz uma ação, as pessoas acham que é voltada apenas para as crianças, e nós queremos ir para a comunidade e dizer: a biblioteca é sua. É para criança, para adulto, para idoso, tem inúmeras ações, como oficinas e rodas de leitura”, explicou o gerente da rede de bibliotecas de Santo André, Vitor Hugo Moraes. A rede municipal de bibliotecas é composta por 20 unidades espalhadas pela cidade.

O projeto propõe a realização de intervenções artísticas em locais de grande fluxo de pessoas, como praças, feiras livres, parques públicos, entre outros, promovendo a sensibilização do público e o conhecimento das bibliotecas da região onde ocorre a ação. São ao todo quatro intervenções artísticas diferentes criadas e interpretadas pelo grupo Cia do Liquidificador, que há seis anos trabalha com teatro e contação de histórias: Mascate de Histórias, Siga a Seta, Brincadeiras de Cordel e Balão de Histórias.

O projeto é composto por 22 apresentações, que começaram em setembro, algumas dentro de espaços das bibliotecas e outras ao ar livre. “A interatividade está presente em todas as apresentações. Adultos e crianças são convidados a participar da escolha das histórias ou dos rumos que elas vão tomar”, acrescentou.     

Para Artur Leonardi, de 7 anos, a experiência foi ótima. O menino escutou atentamente duas histórias, uma delas agachado próximo à atriz para poder ouvir melhor. “Eu nunca tinha escutado uma história em um lugar como uma feira. Foi muito legal”, disse. Ao seu lado, Bruno Sanches, de 6 anos, concordou: “Também gostei muito”. A avó de Bruno, Miriam Sanches, também aprovou a iniciativa. “Assim ele pode perceber que existem coisas mais interessantes que o celular”,  comentou.

Programação do projeto SensibilizArte:

Data Hora Evento Local
9/11/2019 (sábado) 10h Brincadeiras de Cordel Feira livre do Parque das Nações – Av. Brasil
10/11/2019 (domingo) 10h Mascate de histórias Feira livre Vila Luzita – Av. Capitão Mario de Toledo
12/11/2019 (terça-feira) 10 e 14h Siga a seta Biblioteca Vila Palmares – Ação na própria biblioteca
14/11/2019  (quinta-feira) 10h Mascate de histórias Feira livre Bairro Cidade São Jorge – Praça das crianças (Av. São Paulo)
23/11/2019 (sábado) 10h Siga a seta Biblioteca Cata Preta – Ação na própria biblioteca
24/11/2019  (domingo) 10h Mascate de histórias Paço Municipal – Domingo no Paço
1º/12/2019 (domingo) 10h Poesias ao vento Feira livre Vila Metalúrgica – Av. Utinga
7/12/2019 (sábado) 10h Brincadeiras de Cordel Feira livre Jardim Rina – R. Constante Castelani


Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Projeto leva contação de histórias às feiras livres de Santo André"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *