Projeto de Bete Siraque autoriza doulas durante o trabalho de parto em maternidades

644 0

Da Redação – A vereadora Profª Bete Siraque protocolou na Câmara Projeto de Lei que dispõe sobre a permissão da presença de doulas durante todo o período de trabalho de parto, parto e pós-parto imediato, sempre que solicitadas pela parturiente, nas maternidades, casas de parto e estabelecimentos hospitalares congêneres, da rede pública e privada do Município de Santo André.

A palavra doula vem do grego e significa “mulher que serve”. São mulheres capacitadas para brindar apoio continuado a outras mulheres, (e aos seus companheiros e/ou outros familiares) proporcionando conforto físico, apoio emocional e suporte cognitivo antes, durante e após o nascimento de seus filhos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde de vários países entre eles o Brasil (Portaria 28/2003) reconhecem e incentivam a presença da doula no parto, afirmando que o parto evolui com maior tranquilidade, rapidez e com menos dor e complicações, tanto maternas como fetais, tornando-se uma experiência gratificante, fortalecedora e favorecedora da vinculação mãe-bebê.

Importante destacar que o Hospital da Mulher de Santo André foi o primeiro da região a abrir as portas para a atuação das doulas, sendo que dos 360 partos por mês realizados em 2015, dois, em média, contaram com a presença de doulas (total de 24 no ano), e, temos hoje, 31 profissionais cadastradas no Hospital.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Projeto de Bete Siraque autoriza doulas durante o trabalho de parto em maternidades"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *