‘Comércio Amigo da Coleta Seletiva’ é lançado no Rudge Ramos

675 0

Da Redação – O programa Comércio Amigo da Coleta Seletiva foi lançado nesta quinta-feira (19) pelo secretário de Serviços Urbanos de São Bernardo, Tarcisio Secoli, com os comerciantes do Mercado Municipal, no Rudge Ramos. A iniciativa promovida pela Prefeitura em conjunto com a SBC Valorização de Resíduos tem como objetivo ampliar a captação do material reciclável na cidade.

Durante a ação, o titular da Pasta entregou certificados e o selo com o nome do programa para 36 comerciantes do Mercado Municipal que participam da iniciativa. “Estivemos no mês de outubro reforçando a importância da adesão do comércio na coleta seletiva e tivemos uma surpresa agradável de cerca de 90% dos comércios da região aderirem a iniciativa. Agora estamos certificando e entregando os selos como reconhecimento, uma vez que o comerciante passa a ser uma referência”.

Na primeira fase do programa foi realizada a campanha Comércio Amigo da Coleta Seletiva com objetivo de conscientizar os donos de estabelecimentos comerciais sobre a importância de separar para a reciclagem os materiais descartados. A ação foi realizada com agentes da SBC Valorização de Resíduos que visitaram 431 pontos de comércio instalados no bairro, e distribuíram informativos sobre a importância da ação.

Durante a primeira quinzena de novembro foram coletados mais de 5,7 mil quilos de material reciclável na região. A expectativa, porém, é que no Rudge Ramos seja possível ampliar a média de coleta de 6,5% de material reciclado para 9 a 9,5%. “Todo o material passou a ser coletado por motocicleta ou microcoletor, e os materiais recolhidos são encaminhados para o Ecoponto da Vila Vivaldi, onde seguem para a Cooperativa de Reciclagem”, explica Tarcísio.

Para o comerciante Milton Zanatta Júnior, do Empório Zanatta, a iniciativa é muito positiva. “Sempre tive o hábito de realizar a reciclagem, e parabenizo o trabalho da Administração neste projeto. É um trabalho que além de preservar o meio ambiente, está gerando renda para quem precisa, como as cooperativas de reciclagem e isso é muito positivo”, apontou.

Na cidade – A coleta seletiva porta a porta em São Bernardo implementada pela Prefeitura em 2013, completou dois anos em junho. Nesse período, 5,3 mil toneladas de materiais foram encaminhadas para reciclagem. Por mês, são recolhidas cerca de 900 toneladas de materiais – entre papel, plástico, vidro, metal e madeira –, ou 4,2% de tudo que é descartado pela população. O objetivo da Administração é chegar a 10% até o fim de 2016. O serviço está presente em todos os bairros do município.

Podem ser separados para a coleta seletiva porta a porta papéis, papelões, jornais, revistas, cadernos, folhas soltas, caixas e embalagens em geral, incluindo longa vida, garrafas, copos, potes, sacolas, garrafas PET, latinhas de alumínio, latas e outros metais e vidros – estes últimos devem estar separados dos outros materiais e embalados de forma segura.

Há ainda produtos que podem ser reciclados, mas muitas vezes não têm esta destinação como embalagens de óleo, caixas de pizza, recipientes de margarina, potes de maionese, embalagens de extrato de tomate, de iogurte, de requeijão, entre outros. Devem ser colocados no lixo comum os restos de comida, cascas de frutas e de legumes, fotografias, fitas crepe, etiquetas adesivas, sujeira das vassouras, de cinzeiros, de animais e chicletes.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "‘Comércio Amigo da Coleta Seletiva’ é lançado no Rudge Ramos"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *