Professores têm até fevereiro para concorrer a bolsas de estudo em universidades do Japão

454 0

Da Redação – O Consulado Geral do Japão definiu as datas do processo seletivo para bolsas de estudos. As inscrições on-line devem ser feitas até 24 de fevereiro. Podem concorrer às vagas em universidades japonesas professores da rede estadual de São Paulo do Ensino Fundamental e Médio. O programa de pesquisa em práticas escolares tem duração de 1 ano e meio (a partir de outubro) e inclui auxílio mensal, passagem e isenção da taxa escolar.

O público-alvo são professores, orientadores pedagógicos, assistentes educacionais e diretores. Durante os cursos, os aprovados terão treinamentos nas áreas de administração escolar, método educacional, estudo de disciplinas específicas (como Matemática, Física, Química e Educação Física) e atividades práticas escolares. O objetivo é que o conhecimento adquirido seja aplicado em escolas da Secretaria do Estado.

A seleção é aberta a candidatos com, no máximo, 34 anos de idade (completos até 1º de abril), com experiência comprovada de cinco anos, e diploma de nível superior ou magistério. Todos deverão enviar um projeto de estudo dirigido. Além disso, farão prova de proficiência em língua inglesa e japonesa – gramática e interpretação de texto.

Parcerias com o JapãoDesde 2007, a Secretaria da Educação mantém parcerias com instituições japonesas. Uma delas é o concurso de desenho Toyama. As produções feitas por alunos dos Centros de Estudos de Língua e selecionados são exibidas em exposição na cidade.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Professores têm até fevereiro para concorrer a bolsas de estudo em universidades do Japão"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *