Professores destacam organização e bom nível dos debates no Congresso de Educação

226 0

Da Redação – A julgar pela grande participação dos educadores, professores e diretores da rede pública de ensino nos dois dias do 1º Congresso Intermunicipal de Educação do Grande ABC, com abertura em São Caetano, e encerramento em São Bernardo, nesta terça-feira (26), e até mesmo pelos 98 trabalhos selecionados, dos 372 avaliados pela comissão científica, e pelas atividades pedagógicas apresentadas aos congressistas, a organização considerou o congresso como produtivo e com debates e atividades importantes.

Mais de 1.400 professores e profissionais participaram durante todo o dia e prestigiaram as atividades pedagógicas de capacitação dos professores, além dos debates e colóquio que focaram no aprimoramento dos profissionais em sala de aulas, além de temas e experimentos educacionais. Além de oficinas criativas e pedagógicas voltado aos professores participantes.

Organizado pelo Consórcio Intermunicipal Grande ABC, o evento contou com apoio das Prefeituras de Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, além de universidades parceiras. O objetivo do Congresso foi o de refletir sobre as Políticas Públicas Educacionais e suas implicações na região, dando visibilidade às boas práticas desenvolvidas nas redes públicas; reconhecer e valorizar a autoria intelectual docente; analisar as problemáticas, desafios e oportunidades que determinam os cenários da Educação na infância e na juventude, tendo em vista uma educação mais qualificada aos novos tempos.

Outro destaque ficou por conta da decoração da sala de estar do Congresso, logo na entrada do Cenforpe, com alegorias produzidas pelos próprios alunos das Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis). As alegorias falaram sobre a colonização do ABC pelos imigrantes italianos, as famílias de batateiros, como eram conhecidos os italianos que se instalaram na região, a natureza, e até trabalho que evidenciou o Bicho Pau. A decoração agradou à maioria dos congressistas, que não perderam a oportunidade de registrar com fotos e vídeos o trabalho dos pequenos artistas das escolas municipais de São Bernardo.

O prefeito Orlando Morando, de São Bernardo, e que também é presidente do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, enfatizou a relevância do evento para a região. “Este congresso nasceu com o intuito de discutir a Educação e apresentar as boas práticas desenvolvidas pelos professores da região. Seu intuito é transformá-lo em uma referência na área, incentivando o professor pesquisador a compartilhar a sua prática, bem como inspirar outros a terem o desejo de aprimorar seus conhecimentos”, destacou Orlando Morando.

Para a secretária de Educação de São Bernardo, Sílvia Donnini, que também atuou no MEC (Ministério da Educação), o evento discutiu a Educação e integrou os municípios em um processo de reflexão e atualização sobre temas e desafios contemporâneos. “Estou muito feliz com o resultado do Congresso. Os professores puderam apresentar suas ações pedagógicas de maneira científica, elaborada e reflexiva, dividindo seu conhecimento com outros colegas da região, integrando, dessa maneira as boas práticas desenvolvidas em sala de aula. Em sua organização, fizemos questão de que o Congresso seguisse o rigor científico porque esperamos que, no futuro, o evento faça parte do circuito nacional de Congressos Educacionais”, disse.

BNCC – O Congresso também cedeu espaço para a discussão sobre a Base Nacional Curricular Comum (BNCC), cujo documento define o conjunto orgânico e progressivo das aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica. A professora Sílvia Donnini dialogou sobre o assunto na abertura do evento, na última segunda-feira (25), enquanto Política Pública e a sua importância para o processo de equidade no Brasil.

Esta conversa também contou com Luís Carlos de Menezes, integrante do Conselho Estadual de Educação em São Paulo (CEE-SP), e consultor da Unesco para propostas curriculares; Mozart Ramos, diretor de articulação e inovação do Instituto Ayrton Senna; e Almério Melquíades de Araújo, coordenador do Ensino Médio e Técnico do Centro Paula Souza.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Professores destacam organização e bom nível dos debates no Congresso de Educação"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *