Prefeitura interdita Teatro Elis Regina após constatar problemas estruturais

332 0

Da Redação – Após a constatação de problemas temerários em relação à estrutura, salubridade e segurança, a Prefeitura de São Bernardo, por meio da Secretaria de Planejamento Urbano e Ação Regional, interditou, na tarde de ontem, o Teatro Elis Regina, localizado na Avenida João Firmino, bairro Assunção, por tempo indeterminado.

Projetado no início dos anos de 1980, o Teatro evidencia falhas nos planos básicos de segurança, como a deterioração da saída de emergência, além de goteiras, descolamento do forro do teto, má conservação das poltronas, camarins e banheiros. Além de não possuir o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), que é um certificado a garantir condições de segurança contra o incêndio.

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, esteve ontem no local e pediu avaliação imediata da equipe da administração. “Visualmente pode se verificar que o espaço carece de muitas intervenções. Não podemos colocar em risco qualquer pessoa”, pontuou Morando.

Responsável pela vistoria técnica, o secretário de Obras e Planejamento Urbano e Ação Regional, Luciano Eber Nunes Pereira, esclareceu que a decisão de interditar foi verificada estabelecendo critérios. “O estado de conservação está comprometido e agora somente com uma avaliação minuciosa poderemos trazer à tona o grau dos problemas. O que não podemos é deixar de fazer alguma coisa. O importante é localizar todas as falhas e buscar as intervenções mais acertadas para devolver o espaço para a sociedade”, considerou o arquiteto, que também alertou dificuldades com a condição elétrica.

O departamento técnico informou que não foi encontrada a existência de laudos ou informações referentes a avaliações técnicas no local pela gestão anterior.  Não haviam atividades culturais programadas, que vão provocar deslocamentos ou reagendamentos.

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Prefeitura interdita Teatro Elis Regina após constatar problemas estruturais"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *