Prefeitura inicia nova etapa do programa de combate às enchentes no Centro

364 0

Da Redação – Invisíveis para quem circula pelo entorno do Paço Municipal, as obras subterrâneas do Drenar (programa de combate às enchentes da Prefeitura), no Centro de São Bernardo, seguem seu cronograma normal. O Consórcio Centro Seco, responsável pelo empreendimento, iniciou duas novas frentes de trabalho este mês. Uma delas é o chamado “emboque”, cavidade de cerca de 6 metros de diâmetro, aberta no piscinão do Paço Municipal, que vai receber a água de chuva vinda do Ribeirão dos Meninos e que passará pelo túnel em construção debaixo da Rua Jurubatuba. A outra é o desvio da rede coletora de esgoto da Sabesp, na Avenida Aldino Pinotti.

A Prefeitura estuda agora a possibilidade de iniciar uma quarta frente de trabalho, com as escavações do Paço em direção às três frentes que operam em três turnos (24h) no túnel sob a Jurubatuba, situado a 20 metros de profundidade. Uma dessas frentes segue da Alameda Glória (Poço 1) em direção ao terminal rodoviário (Poço 2), a outra, no sentido contrário, e, a terceira, do terminal em direção ao reservatório do Paço.

A instalação do chamado sifão na Avenida Aldino Pinotti foi necessária, segundo a empresa, porque naquele trecho a galeria feita para o escoamento da água do piscinão do Paço – vai seguir em direção ao Ribeirão dos Meninos, na Avenida Lauro Gomes – se encontrou com a tubulação de esgoto. A previsão é de que essa etapa seja concluída em setembro.

Drenar – Em todo o município estão sendo investidos cerca de R$ 600 milhões para combater os alagamentos. O piscinão do Paço, o maior de todo o complexo de obras, terá capacidade para armazenar 190 milhões de litros de água. Sempre que o reservatório estiver perto de atingir sua capacidade total, a água entrará na galeria já concluída, que a conduzirá em direção ao Ribeirão dos Meninos, na Lauro Gomes.

Com a intervenção e a construção de galerias na Avenida Aldino Pinotti e na Rua Jurubatuba, as enchentes, que por décadas afetaram a vida dos moradores e comerciantes do Centro, serão coisa do passado.

Em outros pontos da cidade as intervenções já foram concluídas. No Rudge Ramos, segunda maior obra do Drenar, foram entregues os reservatórios Ipiranga, Vivaldi e Helena e mais de 20 mil metros de canais e galerias de drenagem, proporcionando aos moradores alívio das tensões provocadas pelas chuvas, que resultavam em inundações.

No mesmo bairro, o reservatório Jacquey também já está pronto e em operação, a exemplo do Tanque das Mulatas (com capacidade para armazenar 20 milhões de litros) e a galeria na Rua Warner, que reforça o sistema de drenagem do Jardim Hollywood e conduz as águas da chuva ao Córrego Ipiranga, cuja obra de retificação foi concluída em dezembro de 2015.

As obras de canalização do córrego Pindorama, no Jordanópolis, estão em andamento. As do Nova Petrópolis e Paulicéia também prosseguem e vão contribuir para os objetivos do programa, a exemplo de outras já entregues ou recentemente finalizadas e em testes, como a drenagem das ruas João Firmino, no Bairro Assunção, MMDC, no Paulicéia, elevatória Rio Claro, no Rudge Ramos, córregos Silvina e Chrysler, no Jardim Silvina, córrego Alvarenga, no bairro de mesmo nome, e os córregos Colina e Mininha, no Baeta Neves.

Disk Drenar – Os moradores podem agendar visitas ao túnel que está sendo construído sob a Rua Jurubatuba pelo e-mail drenar@saobernardo.sp.gov.br ou pelo telefone 4341-8613. As visitas são feitas aos sábados, entre 8h30 e 11h. É aconselhável que os visitantes usem calçados confortáveis, estejam em boa forma física e não tenham problemas de saúde, já que o túnel está a cerca de 20 metros de profundidade.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Prefeitura inicia nova etapa do programa de combate às enchentes no Centro"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *