Prefeito Orlando Morando pede a suspensão do comunicado da Ford

237 0

Em audiência nesta quinta (28), prefeito de SBC propôs plano na busca pelo impedimento das demissões, detalhando instituição de comitê permanente

Texto: Leandro Baldini – Crédito-fotos: Divulgação (PMSBC)

Da Redação – O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, oficializou nesta quinta-feira (28) o pedido de suspensão do comunicado da Ford, referente ao fechamento da planta industrial no município.

A fala do prefeito foi proferida na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT), em audiência oficial, que foi acompanhada por representantes do corpo jurídico da Ford e presidência do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Wagner Santana. O procurador-geral do Município, Luiz Mário Pereira Gomes, também participou do ato.

Em mobilização constante pela manutenção dos postos de trabalho na cidade, bem como crítico em relação à postura adotada pela montadora – não abriu diálogo, apenas emitiu comunicado sobre fechamento –, o prefeito Orlando Morando também pleiteou a criação de um comitê permanente, envolvendo todas as esferas até que se esgotem todos os mecanismos de reversão da situação imposta pela companhia.

“Eu ainda não me dei por derrotado. Nem tenho a Ford como perdida para a cidade. Vamos buscar as alternativas, uma delas com a própria empresa. Saio daqui com aspecto positivo, porque o papel do Ministério Público do Trabalho, junto com o Sindicato e a Prefeitura, em instituir este comitê para ampliar o diálogo, situação que antes não tinha ocorrido, nos deixa com condições de conseguir vislumbrar bons resultados”, destacou o prefeito Orlando Morando.

Além da ata, se concluiu por um novo encontro entre os envolvidos – incluindo a Ford para que se coloque representantes do setor institucional –, para o dia 14, às 14 horas, novamente na sede do Ministério Público do Trabalho, em São Bernardo.

AVALIAÇÃO – Procuradora do Trabalho, Sofia Vilela discorreu que o papel do Ministério Público do Trabalho e da audiência. “O MPT concorda com essa perspectiva da Prefeitura e do Sindicato em buscar a permanência da empresa no município. Porque isto significa a manutenção de diversos empregos. Diretos e indiretos. Esperamos conseguir avançar”, comentou.

MOBILIZAÇÃO – Desde a emissão do comunicado da Ford, a Prefeitura de São Bernardo tem se mobilizado para impedir o fechamento da fábrica, pautando iniciativas que abram o diálogo e se efetivem medidas.

De imediato, se realizou uma reunião com o governador do Estado, João Doria, que abriu um grupo de trabalho para solução imediata e precisa. A planta industrial entrou no campo da negociação de venda especializada – decisão também pensada, buscando à preservação das famílias que trabalham na fábrica da Ford.

Com a Presidência da República foi feita uma reunião com o secretário especial da Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec), Carlos da Costa. Além disso, na última quarta-feira, foi recebido pelo Cônsul-geral em São Paulo, Adam M. Shub, na sede da instituição.

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Prefeito Orlando Morando pede a suspensão do comunicado da Ford"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *