Português/AESO bate Pinheiros e fatura o hexa no Brasileiro Juvenil

150 0

Da Redação – O Português/AESO (PE) se sagrou neste domingo (18) hexampeão Brasileiro Juvenil Feminino de Handebol. A equipe pernambucacana derrotou o EC Pinheiros por 24 a 20 (11 a 9), no Ginásio Henrique Vilaboim, casa do adversário. O confronto foi um desempatem entre as equipes, que fizeram a final pelo terceiro ano consecutivo: em 2015, deu Pinheiros; em 2016, deu Português.

“Estou muito feliz e orgulhoso por mais esse título. Quase sempre, não os mais altos e mais fortes, não temos características físicas favoráveis para uma modalidade que exige tanto. Mas a luta tem que imperar sempre e foi o que eu pedi pra elas; não desistirem nunca. E elas fizeram isso, superando a grande equipe que é o Pinheiros e a toricida deles, que os apoiou muito. Nosso ponto forte na competição foi nossa defesa, gostamos muito de recuperar a bola”, comemorou Cristiano Rocha, técnico do Português/AESO.

A artilheira do Campeonato Brasileiro Juvenil Feminino foi Adyda de Jesus, do ACVHB/V. Brasil/C.Verde (MT), com 66 gols. A seleção do torneio ficou formada por Mariana Evangelista (Pinheiros – pivô), Duda (Pinheiros – ponta direita), Rafaella Barbosa (Pinheiros – armadora direita), Andrezza Santos (Português – central), Rafaela Rocha (Novo Hamburgo – armadora esquerda), Fernanda Lima (Português – ponta esquerda) e Renata Arruda (Português – goleira).

Bronze – Um jogão definiu a medalha de bronze da competição, entre Corinthians Paulista , de São Paulo, e Liga de Handebol Novo Hamburgo, do Rio Grande do Sul. A equipe do Sul levou a melhor e derrotou as advesárias por 29 a 23 (11 a 11 no primeiro tempo). A artilharia do confronto foi de Rafaella Silva, do Novo Hamburgo, com nove gols.

“Foi um grande jogo. Essa medalha é muito importante para o Rio Grande do Sul. É um grupo merecedora. Muitas meninas saíram de casa em busca de um sonho. Não é a medalha que elas queriam, claro, mas é uma equipe que tem tudo para ser vencedora. O que mais precisamos trabalhar é fazer com que algumas jogadoras acreditem mais na continuidade das jogadas, em vez de quererem resolver sozinhas, para não perdermos tantos gols”, avaliou Matheus André Arena, técnico da Liga de Handebol Novo Hamburgo.

Quinto ao oitavo – A rodada começou mais cedo, com quatro equipes brigando pelas colocações de quinto a oitavo. O primeiro confronto do dia foi entre Alphaville Tênis Clube, de São Paulo, e Força Atlética/Gov. Goiás/Estácio, de Goiás. A equipe paulista venceu a goiana por 29 a 28 (15 a 12 no primeiro tempo) e terminou na sétima colocação. A artilheira foi Yamin Melo da Força Atlética, com nove gols.

Na sequência, o ACVHB/V. Brasil/C.Verde, do Mato Grosso, derrotou o ACES/Castro Alves, do Espírito Santo, e garantiu o quinto lugar. A partida só foi resolvida na prorrogação, com 28 a 27, depois do empate por 22 a 22 no tempo regulamentar (12 a 14 no primeiro tempo). A artilharia ficou com Abyda de Jesus, do C.Verde, com 12 gols.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Português/AESO bate Pinheiros e fatura o hexa no Brasileiro Juvenil"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *