Pesquisa revela que 30% dos moradores do ABC preferem atividades culturais no tempo livre

357 0

Da Redação – Cerca de 30% dos moradores do ABC preferem realizar atividades culturais no seu tempo livre, e o cinema é atividade mais realizada fora de casa na região. Estes são alguns destaques da pesquisa “Cultura no Grande ABC”, realizada pela consultoria JLeiva Cultura & Esporte, em parceria com Datafolha, com apoio do Consórcio Intermunicipal Grande ABC. Os principais resultados do estudo foram divulgados na terça-feira (6), em evento aberto ao público no Sesc Santo André, com presença de gestores culturais, artistas, professores, acadêmicos e especialistas na área, além de representantes do poder público.

A pesquisa consultou 1.595 pessoas, com 12 anos ou mais, da região em busca de informações sobre os hábitos culturais e de lazer na região, onde vivem cerca de 2,8 milhões de habitantes. “A pesquisa Cultura no Grande ABC – que trata dos hábitos culturais  da região – direciona os gestores públicos municipais a uma revisão de suas estratégias de comunicação para atrair e formar novos públicos para os equipamentos e atividades culturais oferecidos pelas Prefeituras. Destacou-se o uso das mídias sociais como fonte de informação na busca de programação cultural. Evidenciou-se o interesse nos museus e, nesse sentido, o projeto Museu Virtual do Grande ABC, do Consórcio Intermunicipal, vem suprir essa demanda”, destacou Fabio Palacio, secretário executivo do Consórcio Intermunicipal Grande ABC.

Entre os municípios, os resultados do estudo mostraram que São Caetano do Sul tem os melhores índices de acesso à cultura, e Diadema os piores. Os níveis de escolaridade e renda também influenciaram as respostas dos moradores. Segundo a pesquisa, quanto maior o acesso à educação, menor a exclusão das atividades culturais, como ler um livro, visitar museus e exposições ou frequentar o teatro, entre outras. A renda também se mostrou um diferencial no acesso à cultura na região, com variações entre mais ricos e mais pobres.

Outro destaque foi o conhecimento dos espaços culturais do Grande ABC. O Sesc Santo André foi o mais lembrado e frequentado pelos moradores (74%), seguido pelo Teatro Lauro Gomes, em São Bernardo do Campo (65%), e Teatro Municipal de Santo André (60%).

“O setor cultural sempre estimula muito a criatividade e subjetividade das pessoas, e esta pesquisa foi capaz de trazer dados, números e informações mais objetivas para a tomada de decisão de políticas públicas na área, investimentos em projetos culturais e formas de comunicação com o público”, observa Rodrigo Linhares, coordenador da JLeiva Cultura & Esporte.

Este foi o segundo levantamento realizado pela Consultoria JLeiva Cultura & Esporte para conhecer os hábitos culturais dos moradores do ABC paulista, após a primeira edição em 2014. A pesquisa foi viabilizada com apoio do Ministério da Cultura e da Secretaria de Estado da Cultura, por meio das Leis Rouanet e ProAC ICMS. Teve o patrocínio da Braskem e do Instituto CCR. Além do Consórcio, a pesquisa também contou com apoio do Sesc SP.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Pesquisa revela que 30% dos moradores do ABC preferem atividades culturais no tempo livre"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *