Paulistão 2020 tem um digno campeão. E dois grandes vencedores

954 0

* Márcio Trevisan – O Campeonato Paulista de 2020 terminou neste fim de semana apontando seu principal favorito como o grande campeão. Seja pelo elenco que possui, pelo histórico de recentes conquistas ou pelo aporte financeiro que recebe de sua patrocinadora máster, o Palmeiras era desde o início da temporada o mais forte candidato a fazer a festa no final, e portanto a conquista do 23º título estadual de sua história nada mais fez do que comprovar aquilo que dele já se esperava.

O detalhe, porém, é que o outrora importantíssimo mas hoje pouco valorizado Paulistão teve outro grande destaque além do próprio Verdão. Sei que não é muito comum no futebol brasileiro enaltecer o derrotado, mas um olhar frio e isento de paixões clubística faz com que todos enxerguem a quase inacreditável campanha realizada pelo Corinthians. Senão, vejamos:

1 – Cumpriu pífia campanha na fase de classificação, conseguindo ser apenas a segunda colocada em um grupo no qual os outros três adversários eram equipes interioranas.

2 –  Correu riscos, quase insignificantes, é verdade, mas existentes, de ser rebaixada à Série A-2, ou à Segunda Divisão estadual em 2021.

3 – Só obteve sua vaga às quartas de final porque o Guarani conseguiu a proeza de perder duas partidas seguidas, uma para um clube que lutou até a última rodada contra o rebaixamento (Botafogo) e outra para um time reserva (São Paulo).

4 – Encarou na etapa seguinte um adversário mais forte e mais entrosado (Bragantino), mas fez valer o peso de sua camisa e o eliminou.

5 – Chegou às semifinais diante de um inexpressivo time do Interior (Mirassol), teve muitas dificuldades, contou com um erro de interpretação da arbitragem mas, de qualquer forma, conseguiu ir à grande decisão.

6 – Nesta, jogou duas vezes diante de seu maior rival, que tem um time muito superior, não atuou bem em nenhuma das partidas (exatamente como fez seu oponente) mas não apenas não perdeu nenhum dos jogos como também só deixou o tetracampeonato escapar na sempre lotérica decisão por penais.

Por todos estes motivos, até entendo a frustração da Fiel corintiana por ter perdido a taça para o Palmeiras, já que amargo sabor de uma derrota como esta é incomparável. Mas se os corintianos permitirem que a razão se sobreponha à paixão, verão que o Campeonato Paulista de 2020 teve um digno campeão, mas também teve dois grandes vencedores.

* Márcio Trevisan é jornalista esportivo há 31 anos. Começou no extinto jornal A Gazeta Esportiva, onde esteve por 12 anos. Passou, também, pelas assessorias de Imprensa da SE Palmeiras e do SAFESP, além de outros órgãos. Há 14 anos iniciou suas atividades como Apresentador, Mestre de Cerimônias e Celebrante, tendo mais de 450 eventos em seu currículo. Hoje, mantém os sites www.senhorpalmeiras.com.br e www.marciotrevisan.com.br. Contatos diretos com o colunista podem ser feitos por meio do endereço eletrônico apresentador@marciotrevisan.com.br.

Total 6 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Paulistão 2020 tem um digno campeão. E dois grandes vencedores"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *